Porto Velho (RO) quarta-feira, 21 de novembro de 2018
×
Gente de Opinião

Saúde

Liga do Trauma inicia 1ª Campanha de Prevenção de Acidentes


Com o intuito de informar mães e filhos maneiras de prevenir acidentes  através de palestras, começou nesta terça-feira,21, 14h00, no Sesc Escola, a 1ª Campanha de Prevenção promovida pela Liga do Trauma das Faculdades Integradas Aparício Carvalho – FIMCA.

Segundo o coordenador do Curso de Medicina da FIMCA, professor Rodrigo Bastos, o objetivo da Liga do Trauma é informar e ao mesmo tempo mostrar procedimentos eficazes na prevenção de acidentes domésticos e exemplificou os mais comuns como, envenenamento, queimaduras, choque elétrico e quedas.

Ele ainda destacou que "em Porto Velho temos muitos ciclistas e os pais passeiam carregando a criança naquela cestinha que fica na parte frontal da bicicleta, isto representa um grande perigo e existem ainda aqueles que levam os filhos no colo enquanto estão dirigindo. É preciso conscientizar os pais e outros parentes que lugar de criança de colo é na cadeirinha apropriada no banco de trás do carro. A prevenção é para todas as classes sociais".

"A melhor forma de prevenção é a conscientização",afirmou Rodrigo, que enfatizou "pois acidentes podem causar seqüelas permanentes e também a morte".

O coordenador informou que a Liga do Trauma, fundada há pouco mais de dois meses, é a segunda da região, sendo a primeira em Manaus, e que uma parte da Liga é direcionada para a prevenção a cargo da diretora, a acadêmica Francielle Alba, que tem a incumbência de mensalmente organizar uma campanha de prevenção, seguindo um cronograma anual de atividades.

A iniciativa contribui para o engrandecimento do Curso de Medicina da FIMCA e a participação dos acadêmicos nestes eventos também contribui para que a Liga do Trauma cresça ainda mais.

 

Mais Sobre Saúde

Mais Médicos: Seleção terá limitador de vagas por município

Mais Médicos: Seleção terá limitador de vagas por município

O ministro da Saúde, Gilberto Occhi, anunciou nesta segunda-feira (19) que o edital para a convocação de profissionais que vão substituir os cubanos

Maconha para o cultivo de uso medicinal pode ser aprovada mo Brasil

Maconha para o cultivo de uso medicinal pode ser aprovada mo Brasil

A Comissão de Assuntos Sociais (CAS) deverá analisar na quarta-feira (21), substitutivo da senadora Marta Suplicy (sem partido-SP) ao projeto que de

Há médicos suficientes para atender Brasil, afirma CFM

Há médicos suficientes para atender Brasil, afirma CFM

O Conselho Federal de Medicina (CFM) se manifestou hoje sobre o anúncio do governo de Cuba de retirada de seus profissionais do Programa Mais Médico

Em Rondônia, governo gasta R$ 2,88 ao dia com a saúde de cada habitante

Em Rondônia, governo gasta R$ 2,88 ao dia com a saúde de cada habitante

Levantamento inédito do CFM revela que valor coloca Rondônia em 13º lugar no ranking dos estados e que fragilidades na assistência persistemR$ 2,88