Porto Velho (RO) sábado, 25 de junho de 2022
×
Gente de Opinião

Saúde

Infecção generalizada é tema do Congresso Brasileiro de Medicina Intensiva


 
Carolina Pimentel
Agência Brasil

Brasília – A falta de conhecimento do médico para reconhecer uma infecção generalizada é um dos principais desafios para conter o grande número de mortes decorrentes da sepse (termo médico para a infecção) no Brasil. A opinião é do presidente da Sociedade de Terapia Intensiva do Estado do Rio de Janeiro (Sotierj), Moyzes Damasceno.

A capacitação profissional e o tratamento da sepse são temas do 15º Congresso Brasileiro de Medicina Intensiva, que começa hoje (14) em Brasília.

De acordo com as últimas estatísticas do Ministério da Saúde, cerca de 200 mil pessoas morrem por ano de sepse contra, por exemplo, 34 mil mortes em acidentes de trânsito em 2008. Atualmente, a sepse é a principal causa de morte nas unidades de Terapia Intensiva (UTI) e também de mortalidade hospitalar tardia. No Brasil, 65% dos casos da doença levam à morte, enquanto a média mundial é de aproximadamente 40%, conforme o o Instituto Latino-Americano da Sepse (Ilas).

“Os profissionais não estão empenhados, focados em prevenir essas infecções. Há um certo desconhecimento”, disse Damasceno. Uma pesquisa do Ilas com 917 médicos brasileiros de 21 hospitais revelou que somente 27% deles sabem identificar a sepse. Damasceno critica a ausência do ensino da medicina intensiva, especialidade dos médicos das unidades de Terapia Intensiva (UTI), e de como lidar com a sepse na grade curricular das universidades. A matéria não é obrigatória. O médico defende também a adoção de um protocolo de tratamento padrão para a sepse.


 

Mais Sobre Saúde

Rondônia e mais 16 estados brasileiros estão com indícios de crescimento na tendência de SRAG

Rondônia e mais 16 estados brasileiros estão com indícios de crescimento na tendência de SRAG

Estudo realizado pela FIOCRUZ mostra que os casos de covid-19 continuam crescendo no país, desde meados de abril, e já respondem por 71,2% das ocorr

Governo de Rondônia abre processo seletivo para contratação temporária de médicos

Governo de Rondônia abre processo seletivo para contratação temporária de médicos

O Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado da Saúde – Sesau, abre Processo Seletivo para contratação temporária de profissionais da saú

Porto Velho adere ao Dia V de Multivacinação que acontece no sábado

Porto Velho adere ao Dia V de Multivacinação que acontece no sábado

A Prefeitura de Porto Velho realiza, no próximo sábado (25), o Dia V de Multivacinação. A campanha nacional busca atualizar as vacinações de rotina e