Porto Velho (RO) segunda-feira, 20 de maio de 2019
×
Gente de Opinião

Saúde

Incor lança campanha de arrecadação com artistas voluntários

Artistas brasileiros de peso se mobilizam pela causa e ajudam a angariar fundos em comunicação assinada pela Africa


Incor lança campanha de arrecadação com artistas voluntários - Gente de Opinião

Há 42 anos, o InCor vem cuidando do coração do Brasil. Hoje (18), sob o comando do cardiologista Roberto Kalil Filho e do cirurgião Fabio Jatene, o maior centro de cardiologia e de pneumologia da América Latina e um dos três maiores centros nessas especialidades do mundo estreia sua campanha de mobilização social e arrecadação de fundos para projetos especiais de melhorias do hospital.

"Corações cuidando de corações" tem criação da agência Africa, com produção da Vetor e áudio da S de Samba, com a participação ilustre de artistas voluntários como Ivete Sangalo, que canta a música tema da campanha "Se eu não te amasse tanto assim", Preta Gil, Mariana Aydar, Reinaldo Lourenço, João Vicente, Leticia Colin e Ana Beatriz Barros.

Referência mundial, o InCor é um hospital público e universitário ligado ao Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP. Por desempenhar um papel essencial no ensino, na pesquisa e no atendimento em cardiopneumologia no País, ele necessita de arrecadações suplementares para tocar à frente projetos especiais voltados para a manutenção da excelência com que o Instituto atua há mais de quatro décadas.

Cerca de 80% do atendimento do Instituto é dedicado a pacientes com tratamento financiado pelo SUS. O InCor ocupa a 7a posição entre os hospitais que mais fazem transplante de coração no mundo e o 1o em pulmão no Brasil. Seu centro de pesquisa é reconhecido mundialmente como referência em inovações na área médica. No ensino, caracteriza-se como um polo de formação de novos valores profissionais para atuar na saúde do País (veja mais sobre as atividades do InCor e detalhes da campanha no texto logo abaixo).

Para o presidente do InCor, Dr. Roberto Kalil Filho, o apoio nacional é essencial: "o InCor é um patrimônio do Brasil. É uma instituição pública que trata do coração dos brasileiros há mais de 40 anos. Precisamos da ajuda da sociedade para seguir adiante nessa missão com cada vez mais excelência".

Para ajudar o Instituto, é possível ligar no 0500 50080 10 e doar 10 reais, 0500 50080 15 e doar 15 reais, 0500 50080 30 e doar 30 reais, ou acessar o site www.incor.usp.br/doacao, em que a arrecadação é ilimitada. A doação é viabilizada pela PayPal, empresa de pagamentos online parceira do projeto.


Acesse o site: www.incor.usp.br/doacao
Confira a campanha:

 


PATRIMÔNIO DOS BRASILEIROS 

Cerca de 80% do atendimento global do Instituto é dedicado a pacientes cujo atendimento é financiado pelo SUS. Eles vêm do Brasil todo em busca do tratamento de alta complexidade do InCor, reconhecido com centro de excelência em todas as áreas da cardiologia e da pneumologia, com destaque também para transplante de coração e de pulmão, em crianças e adultos.

No ensino, o InCor também é uma referência mundial. Por ano, passam pelo InCor cerca de 1.000 alunos de todo o Brasil, desde a graduação até a pós-graduação e aprimoramento médico e multiprofissional em saúde. Parte significativa desses profissionais retornam aos seus estados e países de origem, para atuar com o padrão InCor de excelência no atendimento, ensino e pesquisa.

O Instituto do Coração é o centro em cardiopneumologia da América Latina que mais apresenta trabalhos científicos para os principais congressos europeus e americanos nessas especialidades e também o que mais publica pesquisas em revistas científicas internacionais em cardiologia e pneumologia.

Cerca de 10% da área do InCor é dedicada exclusivamente para a pesquisa. Nenhuma outra instituição de cardiopneumologia do País possui essa estrutura científica.

Em quatro décadas de atuação, o InCor conseguiu reunir números de produção realmente impressionantes.

125.000 cirurgias

1.100 transplantes de coração e de pulmão, em adultos, crianças e adolescentes

371.000 estudos hemodinâmicos

1.100.000 atendimentos de emergência e +

6.000.000 consultas

4.900.000 exames de diagnóstico por imagem

59.000.000 exames de laboratório

 

A CAMPANHA 

A campanha também conta com a participação ilustre de artistas voluntários como a própria Ivete Sangalo, Preta Gil, Mariana Aydar, Reinaldo Lourenço, João Vicente, Leticia Colin e Ana Beatriz Barros, todos convidados pelo presidente Roberto Kalil Filho e pelo vice-presidente Fabio Jatene, com apoio das coordenadoras do Comitê Comunitário do hospital, Bia Aydar e Fabiola Luftalla.

Além dos artistas beneméritos, uma série de parceiros, articulados pela agência Africa, mobilizaram-se para a realização dessa campanha inédita de arrecadação. "A Africa aceitou com muito orgulho o convite para fazer parte da campanha de arrecadação de fundos do INCOR, um dos melhores centros de saúde do mundo,que garante um atendimento de excelência gratuito a quem mais precisa. Um exemplo de cuidado e atenção para todo país", comenta Raphael Vandystadt, diretor de relações institucionais da Africa.

Ao som de "Se Eu Não Te Amasse Tanto Assim", música célebre cantada por Ivete Sangalo, o filme que foi ao ar nesta quarta-feira apresenta um pouco do dia a dia de pacientes, especialistas multiprofissionais, como enfermeiros, nutricionistas e outros, e médicos, a exemplo dos próprios doutores Roberto Kalil Filho, Fabio e Marcelo Jatene, que atuam no atendimento, no ensino e na pesquisa do InCor há mais de 40 anos.

Mais Sobre Saúde

Deputado Lazinho da Fetagro propõe atendimento preferencial à portadores de fibromialgia

Deputado Lazinho da Fetagro propõe atendimento preferencial à portadores de fibromialgia

Em atenção às pessoas que portam a doença fibromialgia, o deputado estadual Lazinho da Fetagro (PT) indicou ao Governo do Estado, por meio da Secret

Porto Velho: Ação na unidade de saúde Castanheira oferece tratamento auditivo

Porto Velho: Ação na unidade de saúde Castanheira oferece tratamento auditivo

A Unidade Básica de Saúde da Família do bairro Castanheira, na zona Sul de Porto Velho, realizou, no último sábado (18/5), uma ação de acolhimento e a

Jovem rolimourense morreu vítima de Chikungunya

Jovem rolimourense morreu vítima de Chikungunya

Uma acadêmica do curso de Pedagogia, 22 anos de idade, moradora de Rolim de Moura (RO), teve a vida interrompida vítima de Chikungunya. De acordo co

Rede de farmácias de manipulação Pharmapele inaugura primeira loja em Porto Velho

Rede de farmácias de manipulação Pharmapele inaugura primeira loja em Porto Velho

No dia 06 de junho, a maior rede de farmácias de manipulação chegará na cidade de Porto Velho (RO). “A inauguração desta nova loja é realmente a concr