Porto Velho (RO) sexta-feira, 26 de abril de 2019
×
Gente de Opinião

Saúde

Implante de marcapasso é realizado no hospital de Base


Pela primeira vez na história do atendimento público de saúde, o Estado realizou, na última quarta-feira (01), com sucesso, o implante de aparelho de marcapasso. O serviço pioneiro atendeu uma paciente com problemas cardiovasculares, de 80 anos. A cirurgia foi realizada no Hospital de Base Ary Pinheiro (HB), em Porto Velho. A paciente recebeu alta na quinta-feira (02). O governo comprou cinco aparelhos de marcapassos. O investimento foi, com recursos próprios, de 90 mil reais.

"A administração Ivo Cassol mais uma vez inova, com responsabilidade, o atendimento de saúde no Estado. O implante de marcapasso é um ponto importante para Rondônia, o serviço mostra que a estrutura de saúde pública esta evoluindo. O governo está investindo muito em novos atendimentos, como exemplo as cirurgias de redução de estomago e de coluna vertebral" afirmou Milton Moreira , secretário de Estado da Saúde.

Com a realização do novo serviço o Estado ainda economiza recursos. Antes do inicio dos implantes, o atendimento a pacientes, só era possível através do sistema de Tratamento Fora do Domicílio (TFD). Alem da viagem para a cirurgia, os pacientes ainda precisavam retornar, periodicamente, para consultas de acompanhamento. Com o novo serviço, todos esses procedimentos serão realizados no HB, em Porto Velho.

Média de 10 implantes mensalmente - Para realização dos implantes de marcapasso, o Estado conta com um cirurgião especialista, enfermeiros e auxiliares. A estrutura física também é adequada para o novo atendimento. O centro cirúrgico do HB oferece, alem de todo material necessário, aparelhos como: Unidade de Terapia Intensiva (UTI), Arco Cirúrgico, Eletrocardiograma e Ecocardiograma Doppler Colorido. A expectativa é que a partir do início do próximo ano, o Estado realize em média de 10 implantes mensalmente.

"A próxima etapa, do governo de Rondônia, é implantar no HB o serviço de Hemodinâmica, que consiste na realização de diferentes cirurgias cardíacas e cateterismo. Toda nossa estrutura está praticamente pronta para o início desses novos procedimentos. O Estado está agindo com o objetivo de atender diretamente a população, e isso está fazendo a diferença".

Fonte: Richard Morante – DRT/RO – 747

Mais Sobre Saúde

Registrados pelo menos 100 casos da doença mão-pé-boca em Rolim de Moura

Registrados pelo menos 100 casos da doença mão-pé-boca em Rolim de Moura

A diretora da divisão de epidemiologia da secretaria municipal de saúde de Rolim de Moura, Enfermeira Janaína Teodoro Travassos Loose, informou que

Lei do descanso digno para Enfermagem entra em vigor em Rondônia

Lei do descanso digno para Enfermagem entra em vigor em Rondônia

A Lei 4.463/2019, que assegura condições adequadas de repouso durante o horário de trabalho para os profissionais de enfermagem das instituições de sa

Depressão, não deixe o tempo passar

Depressão, não deixe o tempo passar

Considerada um dos males do século e uma das doenças mais frequentes da modernidade

Vacinação contra gripe: Ministério da Saúde abre hoje segunda fase

Vacinação contra gripe: Ministério da Saúde abre hoje segunda fase

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe entra em nova etapa hoje (22) em todo o país. A primeira fase, que teve início em 10 de abril, vacinou