Porto Velho (RO) sexta-feira, 25 de setembro de 2020
×
Gente de Opinião

Saúde

Hospital das Clínicas faz mutirão de cirurgias



Ao assumir o comando do Hospital das Clínicas, o superintendente Carlos Eduardo Alves garantiu ao governador Tião Viana resolver o represamento de cirurgias e laudos. O prazo era de 120 dias, mas nos primeiros dois meses as demandas da antiga Fundação Hospital estarão encaminhadas ou resolvidas. Esse foi o segundo sábado em que pelo menos 40 profissionais da Saúde se reuniram em mutirão para realizar vinte cirurgias de hérnia e vesículas. Na fila de espera havia cerca de 400 pacientes.

“Todos os sábados faremos 20 cirurgias, além das que são realizadas durante a semana, para acabar com essa fila de espera. Na próxima semana vamos nos reunir com o serviço de oftalmologia e equipar os centros cirúrgicos com o material necessário para que as cirurgias de catarata também possam ser realizadas”, explicou o superintendente.

São pelo menos 190 cirurgias oftalmológicas que precisam ser feitas. Como o diagnóstico de todos os casos é semelhante, a prioridade é para os mais idosos. Gabi Camêlo, 64, aguardava a chamada para o centro cirúrgico junto à filha. “Em junho do ano passado o médico me disse que eu precisava fazer a cirurgia de vesícula, mas, mesmo com idade avançada, ainda teria que esperar uma vaga. Quando soube na semana passada que seria agora, fiquei muito feliz e entreguei nas mãos de Deus”, disse a paciente.

Cirurgias e laudos

Alguns pacientes na fila de espera pelas cirurgias de vesícula e hérnia esperaram até dois anos para que houvesse vaga no centro cirúrgico. “Nós estávamos com quatro centros cirúrgicos. Agora, após a reforma, são oito salas”, explicou o superintendente. Segundo o cirurgião-geral Yótaro Suzuki, o pedido do governador Tião Viana é para que as cirurgias não demorem mais que 15 dias para serem realizadas. “Só que para isso nós precisávamos dar andamento à fila que existia, por isso o mutirão é muito importante. Além disso, esses problemas de saúde causam transtornos e dores aos pacientes. O anúncio da cirurgia é um alívio para eles”, comentou.

Cada cirurgia demora entre 45 e 60 minutos e os pacientes recebem alta no dia seguinte. Outro problema enfrentando no Hospital das Clínicas e que será solucionado a pedido do governador Tião Viana diz respeito aos laudos de raios-x e tomografias. “Temos exames aqui que foram feitos em agosto do ano passado e até agora não haviam sido emitidos os laudos. Nós prometemos fazer isso nos primeiros 60 dias de administração, mas no fim de janeiro todos os pacientes receberão os laudos de seus exames”, explicou o médico Carlos Eduardo.

Hospital do Idoso

Outro compromisso assumido pela superintendência a pedido do governador Tião Viana é a abertura do Hospital do Idoso para atendimento exclusivo da geriatria. “Com a reforma da Fundação Hospital, que deu origem ao Hospital das Clínicas, o Hospital do Idoso acabou servindo com apoio clínico. Nos próximos dez dias chegarão 40 leitos e imediatamente esta unidade será destinada apenas ao atendimento de pessoas idosas”, disse

Mais Sobre Saúde