Porto Velho (RO) segunda-feira, 23 de setembro de 2019
×
Gente de Opinião

Saúde

Farmacêuticos são aperfeiçoados para a prevenção do diabetes


 
A preocupação com a qualificação dos farmacêuticos de Rondônia foi mais uma vez destacada pela conselheira federal, Lérida Vieira, diretora secretária-geral do Conselho Federal de Farmácia (CFF), ao abrir nesse sábado (30), juntamente com a presidente do Conselho Regional de Farmácia (CRF-RO), Ana Caldas, o curso de aperfeiçoamento em diabetes que deverá beneficiar cerca de 80 mil profissionais em todo o País. O evento foi realizado no Lacen em Porto Velho com participantes de vários municípios do Estado, inclusive os mais distantes da Capital, a exemplo de Colorado do Oeste, fato que surpreendeu os professores Vanilton Almeida, Graça Câmara e Fernanda Castelo Branco, ministrantes da capacitação.

Em sua fala, Lérida ressaltou os avanços da profissão no Estado, onde há pelo menos cinco cursos de farmácia, o que garante atendimento à demanda em todos os setores, do público ao particular. Ela ainda anunciou para os dias 10 e 11 de dezembro o curso de administração de injetáveis a ser realizado em Cacoal, como mais uma descentralização das ações do CRF-RO.

Ao observar que Rondônia foi o 13º Estado beneficiado com o curso, Vanilton Almeida, que é especialista em manipulação magistral alopática, afirmou que a demanda tem sido significativa, mas a preocupação com a qualidade tem limitado o número de vagas. A garantia da qualidade, segundo ele, é atestada pela equipe de ministrantes do curso composta por profissionais de várias áreas.

Almeida, juntamente com Graça Câmara, que é psicóloga do Centro de Diabetes do Hospital Alemão Oswaldo Cruz (SP), especialista em educação e saúde, assim como Fernanda Castelo Branco, que é nutricionista da Associação de Diabetes Juvenil (ADJ), orientaram os profissionais para estar atentos à RDC 44 da ANVISA que estabelece, entre outras prerrogativas, as atribuições de cada profissional. -Essa observação é importante para que não invadam outra área profissional-.

Ao destacarem a importância do papel dos farmacêuticos para a prevenção e detecção em tempo hábil de doenças, como diabetes e hipertensão arterial, os professores ministrantes garantiram que o curso contempla o mínimo de teoria e o máximo de prática, o que possibilita aos participantes a atuarem com mais eficácia junto aos possíveis pacientes no sentido de incentivá-los a promover mudanças no estilo de vida com vistas a reduzir os riscos da doença ou seu avanço.

O curso é uma iniciativa da Associação de Diabetes do Brasil (ADB), Federação Internacional de Diabetes (IDF - sigla em inglês), Ministério da Saúde, Conselho Federal de Farmácia (CFF), Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e do Sindicato da Indústria de Produtos Farmacêuticos no Estado de São Paulo (Sindusfarma). A proposta dessas organizações é que até julho do próximo ano pelo menos 80 mil farmacêuticos de todo o País sejam qualificados na forma presencial e via web, com vistas a prestar melhor assistência aos diabéticos.

Fonte:  Veronilda Lima
 

Mais Sobre Saúde

Rondônia - Por determinação do Ministério Público e Tribunal de Contas, Sesau implanta folha de ponto eletrônica

Rondônia - Por determinação do Ministério Público e Tribunal de Contas, Sesau implanta folha de ponto eletrônica

A instalação de folha de ponto eletrônica em unidades de saúde da rede pública estadual é adotada pelo governo de Rondônia em cumprimento à determinaç

Sílvia cobra ação mais efetiva do Ministério da Saúde na prevenção contra o cânce

Sílvia cobra ação mais efetiva do Ministério da Saúde na prevenção contra o cânce

A deputada federal Silvia Cristina (PDT-RO) cobrou do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, o início imediato de operação para acelerar o proje

Presidente Laerte Gomes sugere menos burocracia para tratar impasses no convênio entre Sesau e Hospital do Amor

Presidente Laerte Gomes sugere menos burocracia para tratar impasses no convênio entre Sesau e Hospital do Amor

Uma reunião para tratar de impasses quanto ao convênio entre o Governo de Rondônia e a Fundação Pio XII – Hospital de Câncer de Barretos foi realiza

Justiça de Rondônia libera o cultivo de Cannabis para casal tratar da filha com autismo e epilepsia, em Ji-Paraná

Justiça de Rondônia libera o cultivo de Cannabis para casal tratar da filha com autismo e epilepsia, em Ji-Paraná

Os pais de uma criança com diagnóstico de Transtorno do Espectro Autista Infantil (CID 10 F84.0), com crises graves de epilepsia, obtiveram, mediante