Porto Velho (RO) segunda-feira, 17 de maio de 2021
×
Gente de Opinião

Saúde

Estado investiu mais de 9 milhões na distribuição de remédios


O governo de Rondônia investiu na distribuição de remédios, através de programas de assistência farmacêutica, entre os meses de janeiro a agosto, deste ano, R$ 9.389.409,13 milhões. Os programas estaduais repassam diretamente os medicamentos a população, sem nenhum custo. A maior parte do valor investido foi feito com recursos próprios, oriundos da arrecadação estadual. O trabalho de distribuição é desenvolvido pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) e atende ainda unidades estaduais de saúde.

"A administração Ivo Cassol trabalha para atender, com responsabilidade, a demanda do serviço de assistência farmacêutica. Estamos a cada dia ampliando mais a distribuição de medicamentos. Em 2003, o Estado investiu 5,9 milhões, em 2004 elevamos para 7,7 milhões de reais. Em 2005 o investimento alcançou 9,1 milhões de reais. Em 2006 superamos os números anteriores nos primeiros oito meses do ano", explicou Milton Moreira, secretário de Estado da Saúde.

Os recursos foram investidos em serviços diferentes. No programa de Medicamentos de Uso Excepcional o governo de Rondônia investiu, em oito meses, R$ 7.649.718,05. O governo Federal repassou R$ 2.300.054,16 e o Estado a parcela principal, de R$ 5.349.663,89. O programa beneficia, mensalmente, mais de 2500 pessoas. Os pacientes são cadastrados na Gerência Estadual de Medicamentos e recebem os remédios gratuitamente.

No programa de Assistência Farmacêutica Básica, através de repasse fundo a fundo, o Estado investiu de janeiro a agosto, R$ 1.041.390,00. No mesmo período, o governo de Rondônia adquiriu R$ 698.301,08 em medicamentos para o programa de Saúde Mental. Os recursos para o programa foram divididos em R$ 116.801,76 de repasse Federal e R$ 581.499,32 de contrapartida do Estado. Os remédios foram distribuídos para os 52 municípios e para a Policlínica Oswaldo Cruz.

Fonte: Toninha Lima – DRT/RO – 234  - Richard Morante - DRT/RO – 747

 

Mais Sobre Saúde

Moradoras de condomínios populares são atendidas em unidades de saúde em ação da Prefeitura

Moradoras de condomínios populares são atendidas em unidades de saúde em ação da Prefeitura

Maria de Sá, 46 anos, não agendou compromisso na manhã de sábado (15). A moradora do condomínio Orgulho do Madeira, localizado na zona Leste de Porto

Segunda dose da Coronavac chega à população, que não deve deixar de se cadastrar no SASI

Segunda dose da Coronavac chega à população, que não deve deixar de se cadastrar no SASI

Beatriz Cortês, de 68 anos, tomou a primeira dose da Coronavac no início de abril. O retorno da aposentada estava previsto para o dia 29 do mesmo mês.