Porto Velho (RO) quinta-feira, 24 de setembro de 2020
×
Gente de Opinião

Saúde

Estado inaugura setor de diagnóstico e de cirurgias do coração


 
O objetivo é oferecer, em Rondônia, serviços cardíacos que atualmente são realizados em outros Estados , através do programa de Tratamento Fora do Domicílio (TFD). O novo serviço é parte das ações para a qualificação dos atendimentos. Todos os investimentos foram feitos com recursos próprios, provenientes da arrecadação estadual.

“Vamos inaugurar um importante e moderno setor de atendimento. A hemodinâmica fará serviços como diagnósticos e cirurgias cardiovasculares. Para realizar os procedimentos, o Estado formou uma equipe multidisciplinar com três cirurgiões cardíacos, enfermeiros e auxiliares. Todos os equipamentos necessários também foram adquiridos com recursos próprios. Os investimentos estão sendo concretizados com responsabilidade e voltados para o benefício da população. Esse é nosso objetivo”, explicou o governador Ivo Cassol.

Cateterismo e diferentes cirurgias do coração

O serviço de Hemodinâmica consiste na realização de cateterismo e diferentes cirurgias do coração. O cateterismo é fundamental para o diagnóstico de problemas cardíacos, que através de finos cateteres inseridos na circulação, possibilitam a análise através do contraste radiológico. O serviço ainda permite o tratamento de isquemias coronárias por meio da desobstrução mecânica (angioplastia) da veia. A hemodinâmica também realiza a introdução de aparatos tubulares conhecidos como Stend, que mantém o vaso sanguíneo aberto, impedindo o entupimento.

Com a implantação do Centro de Cateterismo, o Estado de Rondônia vai poder oferecer serviços médicos na área de cardiologia que atualmente são realizados em outros Estados , com o deslocamento de pacientes através do programa de Tratamento Fora de Domicílio (TFD). De acordo com o secretário de Estado da Saúde, Milton Moreira, “inicialmente o governo economizará cerca de R$100 mil reais por mês, somente com o deslocamento de cerca de trinta pacientes que normalmente são encaminhados para outras localidades”.

Facilitar o atendimento à população

De acordo com o diretor do HB, médico Amado Rahhal, o novo centro está instalado no complexo do hospital, com sala de procedimentos cirúrgicos, recepção, administração, posto de enfermagem, sanitários, vestiários e salas de repouso para atendimento aos pacientes que se submeterão a exames como cateterismo cardíaco, angioplastia, angiografia cerebral e angiografia periférica. “Esse é mais um passo que o governo de Rondônia dá para facilitar o atendimento à população no setor cardiológico”, completou.

Segundo a médica cardiologista Simoni Coelho, atualmente cerca de 70% dos atendimentos relativos às doenças coronárias podem ser resolvidos pela angioplastia - procedimento para desobstruir ou alargar um vaso sanguíneo -; sendo que os 30% restantes podem ser passíveis de intervenções cirúrgicas, informa. 
 
Fonte: A/I SESAU

Mais Sobre Saúde