Porto Velho (RO) terça-feira, 22 de setembro de 2020
×
Gente de Opinião

Saúde

É preciso que diabéticos façam tratamento completo



Paula Laboissière
Agência Brasil

Brasília - Ao comentar o anúncio da distribuição gratuita de medicamentos contra hipertensão e diabetes, a presidenta Dilma Rousseff afirmou hoje (7) que o objetivo do governo é que todos os pacientes façam o tratamento completo para ambas as doenças – sem interrupção.

Na primeira edição de seu programa semanal Café com a Presidenta, Dilma lembrou que muitas pessoas morrem ou desistem de fazer o tratamento em razão do alto custo dos remédios. Ela reforçou ainda que o compromisso do governo com a erradicação da miséria vai passar pelo programa Saúde Não tem Preço.

A distribuição gratuita dos medicamentos começa na próxima segunda-feira (14), em todas os estabelecimentos da rede Aqui Tem Farmácia Popular. Basta apresentar a receita médica e o documento de identidade para retirar o medicamento.

De acordo com a presidenta, a escolha de remédios contra a hipertensão e a diabetes foi feita com base no número de brasileiros diagnosticados.

“Essas são as doenças que atingem o maior número de brasileiros e brasileiras. Estão entre as que mais matam no Brasil. [Ao todo], 40 milhões de pessoas no Brasil ou têm diabetes ou têm hipertensão, e algumas têm as duas doenças combinadas”, disse. “E o pior: muita gente nem sabe que tem pressão alta ou diabetes”, completou.

O programa Aqui Tem Farmácia Popular oferece medicamentos subsidiados para mais cinco doenças: asma, rinite, Mal de Parkinson, osteoporose e glaucoma, além de fraldas geriátricas. No total, são 24 tipos de remédios.

Mais Sobre Saúde