Porto Velho (RO) terça-feira, 29 de setembro de 2020
×
Gente de Opinião

Saúde

Doenças cardiovasculares matam mais em RO



ALERTA: Doenças do coração são as que mais matam em Rondônia, diz o cardiologista Wilson

As doenças cardiovasculares estão entre as que mais matam em Rondônia. A ingestão em excesso de álcool, sal e gordura, associada ao sedentarismo, contribui em mais de 90% para o surgimento das doenças. Quem alerta é o médico especialista em cardiologia José Wilson Cavalcante(foto), da Universidade Federal do Amazonas (Ufam).

 

As mortes decorrentes de problemas no coração, segundo o médico, alcançam níveis alarmantes em todo o Brasil. "Na região Norte não é diferente". Para prevenir ou combater as doenças cardiovasculares, diz ele, é necessário que os hospitais públicos tenham o mínimo de condições de trabalho e aparelhagem específica, como o eletrocardiografo.

 

Professor titular e diretor clínico do Hospital Universitário da Ufam, José Wilson esteve em Porto Velho na última sexta-feira e no sábado promovendo palestra a médicos de todo o Estado no auditório do Conselho Regional de Medicina de Rondônia (Cremero). O objetivo do curso, segundo ele, é habilitar o médico clínico geral a interpretar as alterações eletrocardiográficas mais freqüentes e correlacioná-las com dados clínicos do paciente, compreendendo os fundamentos da anatomia e fisiologia do coração.

 

O evento - 1o Curso de Eletrocardiografia Básica Aplicada a Clínica - iniciado na tarde de sexta-feira, é promovido pelo Conselho Regional de Medicina de Rondônia em parceria com o Conselho Federal de Medicina e a Ufam.

 

A presidente do Conselho, médica Inês Motta, explica que o curso é parte das atividades do Curso de Educação Médica Continuada, iniciado em março desse ano.

 

Fonte: Ascom/Cremero

Mais Sobre Saúde