Porto Velho (RO) sábado, 20 de julho de 2019
×
Gente de Opinião

Saúde

Deputado Laerte propõe parceria entre Sesau e HCR de Ji-Paraná para realização de cirurgias cardíacas

Leis aprovadas e em vigor, não estariam sendo respeitadas em Rondônia


Deputado Laerte propõe parceria entre Sesau e HCR de Ji-Paraná para realização de cirurgias cardíacas - Gente de Opinião

O presidente da Assembleia Legislativa, Laerte Gomes (PSDB) esteve na Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) para propor e intermediar uma parceria entre o órgão e o Hospital Cândido Rondon (HCR), de Ji-Paraná para a realização de cirurgias cardíacas abertas no município através do Sistema Único de Saúde (SUS).

 

Além do secretário da pasta, Fernando Máximo e da adjunta, Katiane Maia dos Santos, a reunião contou ainda com a presença da diretoria do HCR, entre eles o diretor presidente do hospital, o médico oncologista, Francisco Gozi, o diretor administrativo financeiro, fisioterapeuta Régis Freitas, o administrador, Anco Márcio de Almeida, o cirurgião cardíaco, Francisco Siosney, além de técnicas da Sesau.

 

A ideia, segundo o presidente Laerte Gomes, é ampliar e fortalecer a realização das cirurgias cardíacas no Estado. De acordo com o parlamentar, um dos principais gargalos da Sesau são as filas de espera para as cirurgias cardíacas.

 

“A equipe do HCR explicou todos os benefícios que essa parceria poderia gerar para desafogar a demanda que o Estado não consegue suprir. Agora, a Sesau vai analisar nossa proposta e ver a possibilidade de uma negociação da tabela SUS. Sem dúvida, será uma solução positiva tanto para o Estado quanto para os pacientes que tanto sofrem nas filas, alguns inclusive, acabam vindo a óbito. Queremos acabar com isso”, disse o presidente.

 

A secretária-adjunta Katiane Maia dos Santos, disse que o órgão recebeu a propositura com bons olhos. “Com certeza é uma iniciativa muito inteligente e de alta relevância para a nossa administração. Vamos fazer todos os levantamentos necessários para, quem sabe, no futuro fecharmos essa parceria tão importante”, concluiu ela.

 

Fotos: Diego Queiroz

 

 

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE RONDÔNIA DEPARTAMENTO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL

 

Autor: Eranildo Costa Luna                                                                                               Data: 02/04/19

 

 

Comissão de Defesa dos Direitos Humanos quer informações sobre leis em defesa do autista

 

A Comissão de Defesa dos Direitos Humanos e Cidadania (CDDHC) se reuniu na manhã desta terça-feira (2), no plenarinho 2 da Assembleia Legislativa e sem matérias específicas para deliberar, debateu sobre a necessidade de obter informações junto ao Executivo, acerca das leis aprovadas e em vigor, em defesa do autista, que não estariam sendo respeitadas em Rondônia.

O presidente da CDDHC, José Lebrão (MDB), conduziu os debates após o deputado Anderson Pereira (Pros), levar o tema à discussão. Os deputados Cabo Jhony Paixão (PRB) e Ezequiel Neiva (PTB) também participaram da reunião.

Anderson Pereira relatou que durante Sessão Solene, na tarde desta segunda-feira (1), proposta pelo deputado Cirone Deiró (Podemos), as entidades que trabalham com o público autista reclamaram que leis já aprovadas e em vigor, não estariam sendo cumpridas.

Ele citou como exemplo o caso da Lei 4.184/17, que dispõe sobre a inclusão do símbolo do Transtorno do Espectro do Autista (TEA), nas placas ou avisos de atendimento prioritário e dá outras providências, que não está sendo cumprida.

"Gostaria de um encaminhamento, para que o Executivo pudesse informar, talvez através da Secretaria de Estado de Ação Social (Seas), a forma para que a legislação seja cumprida. Ou seja, qual o planejamento para que a lei entre efetivamente em vigor, se há alguma regulamentação a ser implementada ou outra ação", destacou.

Cabo Jhony observou que a Assembleia Legislativa precisa dar exemplo, oferecendo interprete de Libras para quem precisar de alguma informação. "Nesta reunião aqui mesmo, se tivéssemos na plateia uma pessoa surda, ela não iria entender nada. Por outro lado, não temos nenhum cadeirante aqui na sala, mas temos a rampa que está à disposição. Isso precisa ser refletido por todos nós", completou.

"Ao assumir a presidência desta Comissão, ressaltei que iríamos trabalhar para que as minorias pudessem ter voz e que os seus direitos sejam alcançados, como eles merecem. Esta é mais uma ação pertinente e que conta com o nosso apoio", destacou Lebrão.

Mais Sobre Saúde

Em menos de 48 horas, “Blitz na Saúde” do TCE fiscaliza seis USFs de Porto Velho

Em menos de 48 horas, “Blitz na Saúde” do TCE fiscaliza seis USFs de Porto Velho

Após realizar, de modo inédito, a operação “Blitz na Saúde” em hospitais e unidades de pronto-atendimento (UPAs), o Tribunal de Contas do Estado (TCE-

VIII Encontro de Direito Médico de Rondônia será dia 16 de agosto

VIII Encontro de Direito Médico de Rondônia será dia 16 de agosto

O VIII Encontro de Direito Médico de Rondônia, uma realização do escritório Cândido Ocampo Advogados Associados, trará a Porto Velho a ministra Nancy

Rondônia: Secretaria Estadual de Saúde convoca com urgência médicos que foram aprovados no concurso de 2017

Rondônia: Secretaria Estadual de Saúde convoca com urgência médicos que foram aprovados no concurso de 2017

A Gerência de Recursos Humanos (GRH) da Secretaria Estadual de Saúde (Sesau) convoca os aprovados no concurso de 2017, em várias categorias. O pra

Emagrecimento e bariátrica: mudança que precisa de incentivo da família

Emagrecimento e bariátrica: mudança que precisa de incentivo da família

Decidir passar por uma cirurgia bariátrica é algo que requer, além da vontade do próprio paciente, o apoio da família. "O incentivo deve começar ant