Porto Velho (RO) sábado, 26 de setembro de 2020
×
Gente de Opinião

Saúde

Daniela pede envolvimento no combate ao câncer de mama


Com intuito de criar um envolvimento maior da sociedade  nas campanhas de prevenção ao câncer de mama – são cerca de 20 casos registrados por ano em Rondônia – e incentivo à amamentação, foi realizada hoje (29), sessão especial, a pedido da deputada Daniela Amorim (PTB), na Assembléia Legislativa.

Para a deputada, a sessão teve a intenção de ajudar todas as instituições – governo e a sociedade organizada – na conscientização da mulher a adotar medidas simples e segura – como fazer os exames preventivos periodicamente para evitar o câncer de mama -, e praticar o aleitamento materno.

O papel do Poder Legislativo, segundo Daniela Amorim, vai além da conscientização, com novas políticas públicas orientadas para a mulher, em decorrência dos dados apresentados pelo médico Amado Rahhal, diretor do Hospital de Base. Segundo ele, do universo feminino no Estado, apenas 20% tem feito os exames preventivos com regularidade, o que tem redundado em cerca 20 casos novos. A doença tem atingido, segundo Rahhal, a faixa etária dos 17 aos 30 anos.

Esses dados, evidenciam a necessidade urgente de campanhas massivas em todos os municípios para a prática do exame preventivo, destaca a deputada, como forma de evitar o câncer de mama entre as mulheres.

Ainda no compromisso de colaborar na campanha, a deputada disse que vai pedir a cada um dos 52 prefeitos para se integrarem tanto na prevenção do câncer quanto no incentivo à amamentação.

Em Rondônia, segundo Rahhal, já tem um Banco de Leite, uma referência que pode se tornar uma rede para todas as localidades bastando apenas “um gesto de amor”, que é doação do leite.

Na campanha de incentivo ao aleitamento materno, as mulheres obtêm informações sobre a amamentação de que o leite humano garante o melhor crescimento e desenvolvimento do bebê, não existindo nenhum outro alimento capaz de substituí-lo, além de demonstrar afeto e propiciar mais saúde. Também traz vantagens para a mãe, como a redução sangramento pós-parto, de desenvolver anemia, câncer de mama e diabetes. 

Participaram do evento a primeira-dama do Estado, Ivone Cassol, a presidente da Uveron, Tânia Terezinha Pires, a presidente da Sociedade de Pediatria de Rondônia, médica Maria das Graças Guedes, o secretário de Estado da Saúde, Milton Moreira, o diretor do Hospital de Base, Amado Rahhal, a vice-prefeita Cláudia Carvalho, representantes da Sociedade de Mastologia, regional Rondônia, Comunidade Santa Marcelina.

Fonte: Yodon Guedes

Mais Sobre Saúde