Porto Velho (RO) quinta-feira, 24 de setembro de 2020
×
Gente de Opinião

Saúde

CRO recebe orientações do IPEM quanto ao uso de esfigmomanômetro por dentistas



Não é obrigatório. Pelo menos foi o que disse a presidente do Conselho Regional de Odontologia de Rondônia, cirurgiã-dentista Sandra Menezes, quando ao uso por cirurgiões-dentistas do esfigmomanômetro – aparelho de medir pressão – depois de uma reunião com Ronaldo Jefersson Lessa, gerente técnico do IPEM – Instituto de Pesos e Medidas do Estado de Rondônia, na sede do CRO-RO  no início da semana.

O representando do IPEM disse que entre outros serviços, atualmente executados pelos agentes fiscais, vem conscientizando os médicos e dentistas acerca da necessidade da manutenção e da verificação compulsória dos aparelhos de pressão. O trabalho já começou em Porto Velho, mas tem resistência de alguns dentistas.

Depois das explicações do gerente técnico do IPEM, Ronaldo Lessa, a presidente voltou a afirmar que não é obrigatório ter os esfigmomanômetro, mas o CRO aconselha ter em seus consultórios para não haver problemas futuros como atender paciente que tenha pressão alta.

Caso a aferição seja feita no  consultório, o valor a ser pago será de R$ 26,00 reais ou senão poderá mandar para IPEM a solicitação que ficará em torno de  R$ 6,90. Sobre o assunto o Instituto coloca a disposição  o telefone: 0800-6472777 IPEM/RO ou 0800-2851818 IMETRO/RJ.

Fonte: Lenilson Guedes

 

Mais Sobre Saúde