Porto Velho (RO) sexta-feira, 18 de setembro de 2020
×
Gente de Opinião

Saúde

Cremero orienta médicos sobre a vacinação contra o H1N1



Como forma de colaborar com a estratégia nacional de vacinação contra o vírus H1N1 (Influenza A), causador da gripe suína, o Conselho Regional de Medicina de Rondônia (Cremero) está orientando médicos de todo o Estado para que encaminhem pacientes que se enquadrem nos grupos prioritários do H1N1 para os postos de vacinação distribuídos em todas as regiões da Capital e do interior.

A medida está sendo adotada em atenção ao pedido de colaboração da Secretaria Estadual de Saúde (Sesau), feito na última quarta-feira pela coordenadora estadual da estratégia nacional de vacinação contra o vírus Influenza A, Elba Miranda.

A presidente do Cremero, Inês Motta, reiterou que o Conselho está em contato com os médicos para que eles colaborem com a vacinação, orientando os pacientes e encaminhando-os ao posto de vacinação mais próximo.

A intenção da campanha, segundo explicou Elba Miranda, é diminuir o grupo prioritário do H1N1 em Rondônia, bem como nos outros Estados. Segundo ela, a campanha será realizada em quatro etapas, a primeira acontece de 8 a 19 de março. “Nesse período devem ser vacinados 15.039 mil trabalhadores em saúde e 10.540 mil indígenas em todo o Estado”, salientou.

A segunda etapa é dividida em dois períodos, o primeiro vai de 22 de março a 7 de maio e imunizará as gestantes. O segundo período, de 22 de março a 2 de abril, atingirá os doentes crônicos e as crianças menores de dois anos - de seis meses a um ano, 11 meses e 29 dias. “Mesmo com o fim da segunda etapa, as gestantes continuarão a ser vacinadas”, reiterou Elba Miranda.

Na terceira etapa a população a ser imunizada será a dos jovens com idade entre 20 e 29 anos. “Nessa etapa o período de vacinação será de 05 a 23 de abril”.

Idosos, a partir dos 60 anos, com doenças crônicas serão vacinados na quarta etapa do projeto, que acontece de 24 de abril a 07 de maio. No total devem ser vacinadas 106,049 pessoas em todo o Estado. “Todos os municípios já receberam orientações sobre a vacinação”.

De acordo com a Sesau, as vacinas estarão disponíveis em 12 postos distribuídos de forma estratégica em Porto Velho. “Cada região da cidade terá de dois a três postos de vacinação”.

Fonte: Cremero

Mais Sobre Saúde

SENAI garante manutenção de respiradores da rede pública do Estado

SENAI garante manutenção de respiradores da rede pública do Estado

A rede pública de Rondônia recebeu essa semana, seis respiradores pulmonares que passaram por manutenção do Serviço Nacional de Aprendizagem Industr