Porto Velho (RO) quarta-feira, 27 de janeiro de 2021
×
Gente de Opinião

Coronavírus

Operação 3ª Onda reforça fiscalização em estabelecimentos comerciais de Porto Velho


A operação tem o objetivo de garantir o cumprimento do Decreto 25.605 pelos donos dos estabelecimentos comerciais - Gente de Opinião
A operação tem o objetivo de garantir o cumprimento do Decreto 25.605 pelos donos dos estabelecimentos comerciais

Na noite de sexta-feira (8), o Governo de Rondônia, por intermédio do Corpo de Bombeiros Militar (CBM) e órgãos fiscalizadores, iniciou a “Operação 3ª Onda”, com fiscalização aos estabelecimentos comerciais e locais de eventos para garantir o distanciamento social e reforçar o combate à Covid-19. As ações vão ao encontro ao que determina o Decreto nº 25.605, de 3 de dezembro de 2020. A operação foi divida em quatro equipes de vistoriadores, sendo dois bombeiros militares por equipe, com atuação em todas regiões de Porto Velho.

No final da ação, as equipes contabilizarão o quantitativo final, bem como descreverão os estabelecimentos vistoriados, independente se houve ou não intervenção. A Operação 3ª Onda é mais uma ação conjunta entre as forças de Segurança Pública e órgãos fiscalizadores, a exemplo da que ocorreu em dezembro de 2020, denominada Operação Fase 3, visando o reforçando ao distanciamento social devido ao aumento de casos de Covid-19.

De acordo com o comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel BM Gilvander Gregório de Lima, durante todas as ações já desenvolvidas, foram notificados quase 500 estabelecimentos comerciais. Dessa forma, conforme explica o comandante, a Corporação tem desenvolvido um trabalho contundente e eficaz com o objetivo de proporcionar o melhor à população. “A gente não pode ser passivo, deixar isso acontecer. Muitos estão aglomerando e não respeitando o decreto, colocando muitas famílias em risco e nosso objetivo é evitar que isso continue”, comentou o comandante deixando claro que a atuação ocorrerá durante todo este final de semana.

Coronel Gregório afirma que as ações vão ao encontro ao que determina o Decreto nº 25.605

O comandante do CBM informa que devido ao aumento de óbitos nos últimos dias, o Estado promoveu diversas reuniões com os comitês para estudar a possibilidade da operação. Com isso, no início da tarde de sexta-feira, foi dada a a determinação da operação, fazendo com que as equipes assumissem os postos imediatamente.

Além de verificar se os estabelecimentos comerciais e locais de evento estão em consonância com o decreto em vigor, a Diretoria de Atividades Técnicas (DAT) do CBM ainda tem verificado se os documentos de liberação de sua competência estão em dia, ou seja, se já foram renovados.

Vale lembrar que o Decreto nº 25.605 em vigor institui o Sistema de Distanciamento Social Controlado para fins de prevenção e de enfrentamento à epidemia causada pelo novo coronavírus, no âmbito do estado de Rondônia e reitera a declaração de estado de calamidade pública em todo o território estadual.

A “Operação 3ª Onda” envolveu a Polícia Militar do Estado de Rondônia, Corpo de Bombeiros, Polícia Civil, Secretária de Estado da Saúde, Agência de Vigilância em Saúde (Agevisa), Vigilância Sanitária Municipal, Procuradoria de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon), entre outros órgãos.

Confira a galeria de imagens.

Mais Sobre Coronavírus

Boletim diário sobre coronavírus em Rondônia com a confirmação de 22 óbitos - 26 de janeiro

Boletim diário sobre coronavírus em Rondônia com a confirmação de 22 óbitos - 26 de janeiro

O Governo de Rondônia, por meio da Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa) e a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), divulga os dados refer

Mais de 1.600 profissionais de saúde já foram imunizados em Porto Velho

Mais de 1.600 profissionais de saúde já foram imunizados em Porto Velho

Profissionais de saúde que estão na linha de frente no combate ao coronavírus continuam sendo vacinados contra a Covid-19 pela Secretaria Municipal