Porto Velho (RO) domingo, 15 de setembro de 2019
×
Gente de Opinião

Saúde

Cirurgia plástica é tema de jornada para saúde em Rondônia


 
A cultura brasileira quanto ao gosto pelas curvas do corpo feminino até meados dos anos 90 era de bumbum grande e busto pequeno, mas nos últimos anos, o número de mulheres que busca o aumento dos seios favoreceu ao Brasil o segundo lugar no ranking de cirurgias plásticas.

No país, segundo pesquisa Datafolha encomendada a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), 69% dos procedimentos são de fator estético, e 31% reparador. Na pesquisa foi constatado que de um total de 629 mil procedimentos de médio e grande porte feitos em um ano, 151 mil são de mama e outros 91 mil de lipoaspiração, sendo as mulheres as que mais procuram os centros de estética, com 88% das cirurgias.

Em Rondônia, o tema foi objeto da I Jornada de Cirurgia Plástica no dia 20 de novembro, organizado pela Liga Acadêmica de Cirurgias Plásticas de Rondônia. O evento, que aconteceu no Conselho Regional de Medicina (Cremero) pela manhã e tarde, contou com a presença de médicos, profissionais da saúde e estudantes.

Dentro das 10 horas de carga horária, os palestrantes abordaram os aspectos da Cirurgia Reparadora: Fissuras Palatinas, Melanomas e Queimaduras; e Cirurgia Estética: Prótese de glúteo e panturrilha, Lipoaspiração, Cirurgia Plástica pós Cirurgia Gastroplastia e Laser.

Para Iscleiden Araujo, gerente administrativo e financeiro do Núcleo Daia de Medicina Diagnóstica, um dos patrocinadores do evento, é preciso apoiar eventos como este, pois acredita que promovem o aprimoramento do conhecimento e das técnicas aplicadas à saúde, através do compartilhamento de informações e experiências dos participantes, “nós buscamos contribuir tanto apoiando tais eventos, quanto disponibilizando exames pré-operatórios e de controle pós-cirúrgico, de alta qualidade aos nossos clientes”, explica ele.

No Núcleo Daia o atendimento funciona de segunda a sexta-feira de 7h às 19h e nos sábados de 7h às 13h. O agendamento de exames pode ser feito na central de atendimento pelo telefone 2182-0100 ou pelo site www.daiadianostica.com.br.

Luzcivany Luzdlei, estudante de medicina participante do encontro, considera eventos como este, uma oportunidade de aprendizado a mais tanto para profissionais, como para quem busca algum tipo de atendimento de cirurgia plástica, “vejo que é importante a especialidade de cirurgia plástica e o estudo aprofundado dela, uma vez que muitas pessoas passam pelo procedimento todos os anos, tanto no aspecto estético, quanto reparador”, afirma ela.

Pensamento semelhante ao da estudante de medicina Lisiê Kasper, “uma jornada como esta amplia o conhecimento de profissionais e acadêmicos e possibilita que nós possamos passar uma melhor orientação ao paciente e família sobre os centros especializados quando detectarmos a necessidade da cirurgia. Sempre é preciso ir além do que a faculdade passa, e aproveitar a oportunidade de absorver conhecimento de profissionais de fora do Estado”, completa ela.

Fonte: Comunica


 

Mais Sobre Saúde

Sílvia cobra ação mais efetiva do Ministério da Saúde na prevenção contra o cânce

Sílvia cobra ação mais efetiva do Ministério da Saúde na prevenção contra o cânce

A deputada federal Silvia Cristina (PDT-RO) cobrou do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, o início imediato de operação para acelerar o proje

Presidente Laerte Gomes sugere menos burocracia para tratar impasses no convênio entre Sesau e Hospital do Amor

Presidente Laerte Gomes sugere menos burocracia para tratar impasses no convênio entre Sesau e Hospital do Amor

Uma reunião para tratar de impasses quanto ao convênio entre o Governo de Rondônia e a Fundação Pio XII – Hospital de Câncer de Barretos foi realiza

Justiça de Rondônia libera o cultivo de Cannabis para casal tratar da filha com autismo e epilepsia, em Ji-Paraná

Justiça de Rondônia libera o cultivo de Cannabis para casal tratar da filha com autismo e epilepsia, em Ji-Paraná

Os pais de uma criança com diagnóstico de Transtorno do Espectro Autista Infantil (CID 10 F84.0), com crises graves de epilepsia, obtiveram, mediante

Porto-Velhense recebe apoio Conexão Azul Rosa na batalha contra o câncer de mama

Porto-Velhense recebe apoio Conexão Azul Rosa na batalha contra o câncer de mama

Paciente do Hospital de Amor Amazônia, Neusa participou de palestra sobre a doença que mais acomete mulheres no país; ela é uma das beneficiadas do pr