Porto Velho (RO) domingo, 20 de setembro de 2020
×
Gente de Opinião

Saúde

Caps: Blitz no Dia Nacional de Combate ao Tabagismo


 
A comemoração ao Dia Nacional de Combate ao Tabagismo, lembrado neste 31 de maio em todo o Pais, levou um grupo de servidores e voluntários nesta terça feira à esquina das avenidas Jorge Teixeira com Calama, numa ação para divulgar os programas disponíveis na rede pública de saúde para auxiliar quem precisa de ajuda para parar de fumar. Vestidos com camisetas alusivas à data, todos distribuíram panfletos e prestaram esclarecimentos sobre o tabagismo.

A Semana de Combate ao Fumo começou no domingo, com um passeio ciclístico organizado na Zona Sul. À tarde, a blitz ocorreu na rua Campos Sales, com a primeira mobilização com distribuição de panfletos, que se repetiu na terça junto ao canteiro central num semáforo da Jorge Teixeira.

A atividade foi organizada numa parceria das secretarias municipal e estadual de saúde, e contou com a ajuda de diversos voluntários, todos participantes de programas de combate ao fumo mantidos pelos Caps – Centro de Apoio Psicossocial. A coordenadora interina do Programa de Combate ao Tabagismo do Caps AD, enfermeira assistencialista Suziane Vasconcelos, ficou surpresa com a boa aceitação dos motoristas durante a blitz. “Pensei que no trânsito não fossem aprovar a ideia, mas foi justamente o contrário”, comemorou.

Junto com panfletos da campanha Porto Velho Sem Fumo – Parar de Fumar é Possível, distribuídos no semáforo, o pessoal entregou também um folheto com os dois endereços que oferecem ajuda a quem busca abandonar o vício, o Caps estadual Madeira -Mamoré, na rua Elias Gorayeb, 2676, e o Caps AD Municipal, na rua Lauro Sodré, 1964, no bairro São Cristóvão.

Segundo a coordenadora estadual do Programa de Combate ao Tabagismo, Dionéia Martins, os dos Caps oferecem sessões em grupo, consultas médicas e atendimento psicológico. A medicação, quando indicada, é usada como suporte para amenizar os sintomas  da abstinência. “Não existe remédio para parar de fumar”, lembrou.

A manicure Jucilene Queiroz, 36 anos, foi fumante durante 14 anos, mas conseguiu abandonar o vício graças à ajuda dos profissionais. “Fiz uma promessa quando meu filho estava na UTI. Agora, estou sem fumar desde abril. Para mim, é uma vitória”, disse. Durante a blitz, Jucilene foi uma das voluntárias, ajudando a distribuir os materiais aos motoristas e tentando convencer mais gente a parar de fumar.

Na terça à tarde, foi montado um stand no Hospital de Base, para disponibilizar materiais da campanha aos pacientes e visitantes. Na quinta-feira, durante todo o dia, o HB vai sediar diversas palestras durante todo o dia sobre o tema, com a participação de médicos e enfermeiros convidados.


Fonte: Róbinson Gambôa
Foto Frank Néry

 

Mais Sobre Saúde

SENAI garante manutenção de respiradores da rede pública do Estado

SENAI garante manutenção de respiradores da rede pública do Estado

A rede pública de Rondônia recebeu essa semana, seis respiradores pulmonares que passaram por manutenção do Serviço Nacional de Aprendizagem Industr