Porto Velho (RO) sábado, 21 de setembro de 2019
×
Gente de Opinião

Saúde

Câncer de Pele: detectado mais de 50 novos casos em RO


  
Médicos dermatologistas fizeram sete horas de atendimentos de graça para prevenir o câncer de pele em pacientes vindos de quinze municípios, de norte a sul do Estado de Rondônia, no último sábado (27), em Ji-Paraná, durante a 12ª Campanha Nacional de Prevenção ao Câncer de Pele promovida pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD). O único posto de atendimento credenciado nacionalmente é a Santa Casa de Misericórdia.

Segundo o coordenador estadual da campanha, o dermatologista, Silmar Regis Camarini, o risco é maior para quem toma sol sem pensar na saúde. “Uma pesquisa da SBD constatou que cerca de 70% dos brasileiros não utilizam o produto diariamente, nem mesmo nos dias quentes de verão. Só no Brasil, o Inca (Instituto do Câncer) aponta que sejam registrados até dezembro deste ano quase 120 mil diagnósticos positivos da doença”, disse Camarini.

A avaliação da dermatologista Alessandra Dalla Marta Camarini é que a campanha foi satisfatória neste ano. “Podemos perceber um bom nível de esclarecimento das pessoas sobre a doença. Com isso, percebe-se que a região esta orientada a se autoconsultar antes de vir ao posto de atendimento”, comentou a médica.

“Antes a demanda era grande sem o atendimento dermatológico na região, no que se refere a 2006, tivemos 1.243 atendimentos. No passado, tivemos 401 atendimentos da campanha, com 39 casos confirmados. Com outros atendimentos durante o ano na própria Santa Casa e a demanda em clinicas esse numero foi elevado para 200 somente no município de Ji-Paraná. Mas, de lá para cá, casos crônicos já foram tratados ou estão em procedimento”, explicou o coordenador da campanha, Silmar Camarini.

Para a presidente da Santa Casa de Misericórdia, Marta Kooper, a instituição trabalha na saúde preventiva da comunidade. E acima de tudo estamos aqui para conscientizar. Atendemos aqui diariamente dezenas de pessoas que precisam de ajuda e orientação. Ainda é pouco o que fazemos, mas o que realizamos ajuda a desafogar o serviço público no município”, diz.

O vigilante, Jerônimo Rodrigues Oliveira, é um dos pacientes que veio de longe para participar da campanha, morador de Pimenteiras do Oeste, a 500km de Ji-Paraná. “Nossa região é carente de especialistas em diversas áreas médicas. Isso fez com que nosso grupo [12 pessoas] deixasse os afazeres, e em parceria com a secretaria de saúde de nossa cidade, pudéssemos estar aqui”, relatou.

NOVOS DADOS

Em 2010, a procura foi de 305 pessoas. Destes, 54 novos casos foram detectados, ou seja, 17,70% dos pacientes. Os casos com suspeita de câncer de pele foram imediatamente encaminhados para tratamento gratuito na Santa Casa. O procedimento será no próximo sábado (04/12), das 8h às 15h.

 

COMO CONSTATAR

A pessoa deve ficar atenta se uma pinta preta ou castanha muda sua cor, se uma mancha ou ferida que não cicatriza apresenta coceira. Esses são alguns sintomas da doença. O câncer de pele tipo não melanoma é o de maior incidência entre os brasileiros, um resultado de um processo evolutivo - por exemplo, muitas exposições solares - ao longo dos anos de vida.


PARCERIAS

Durante todo o dia a campanha contou com a colaboração de 50 voluntários. Acadêmicos do curso de Enfermagem e Farmácia e Bioquímica do Centro Universitário Luterano de Ji-Paraná (Ceulji/Ulbra), da Faculdade Panamericana de Ji-Paraná (Unijipa), funcionários da Pica-Pau e do Centro de Ensino Técnico (Ceet) e pessoas cadastradas na própria instituição.

“Ação como está é super importante. É possível aprender com trabalhos voluntários, sem contar que podemos ajudar o próximo e a nós mesmos. Há ainda muita falta de informação nas classes menos favorecidas. É hora de explorar (sic) pessoas com conhecimentos mais avançados na promoção da busca pelo saber e favorecer aos outros uma melhor qualidade de vida”, disse a colaboradora Andréa Cabral de Freitas, cursista de radiologia.

Fonte: Etiene Gonçalves
 

Mais Sobre Saúde

Rondônia - Por determinação do Ministério Público e Tribunal de Contas, Sesau implanta folha de ponto eletrônica

Rondônia - Por determinação do Ministério Público e Tribunal de Contas, Sesau implanta folha de ponto eletrônica

A instalação de folha de ponto eletrônica em unidades de saúde da rede pública estadual é adotada pelo governo de Rondônia em cumprimento à determinaç

Sílvia cobra ação mais efetiva do Ministério da Saúde na prevenção contra o cânce

Sílvia cobra ação mais efetiva do Ministério da Saúde na prevenção contra o cânce

A deputada federal Silvia Cristina (PDT-RO) cobrou do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, o início imediato de operação para acelerar o proje

Presidente Laerte Gomes sugere menos burocracia para tratar impasses no convênio entre Sesau e Hospital do Amor

Presidente Laerte Gomes sugere menos burocracia para tratar impasses no convênio entre Sesau e Hospital do Amor

Uma reunião para tratar de impasses quanto ao convênio entre o Governo de Rondônia e a Fundação Pio XII – Hospital de Câncer de Barretos foi realiza

Justiça de Rondônia libera o cultivo de Cannabis para casal tratar da filha com autismo e epilepsia, em Ji-Paraná

Justiça de Rondônia libera o cultivo de Cannabis para casal tratar da filha com autismo e epilepsia, em Ji-Paraná

Os pais de uma criança com diagnóstico de Transtorno do Espectro Autista Infantil (CID 10 F84.0), com crises graves de epilepsia, obtiveram, mediante