Porto Velho (RO) segunda-feira, 21 de setembro de 2020
×
Gente de Opinião

Saúde

BRASIL TEM 25 CASOS SUSPEITOS DE GRIPE SUÍNA



O Ministério da Saúde anunciou há pouco que 25 casos suspeitos de gripe suína já foram notificados no Brasil. Pelo levantamento anterior, as ocorrências somavam 18. Ao todo, 36 casos vêm sendo monitorados em 19 estados.

Os registros de casos suspeitos são: dez em São Paulo, quatro em Minas Gerais, três no Rio de Janeiro, dois no Distrito Federal e dois em Tocantins. Os estados de Goiás, Mato Grosso do Sul e Paraná e Santa Catarina têm um caso em análise.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), os casos confirmados da doença atingiram hoje (4) o número de 1.085, em 21 países.

Neste momento, representantes de oito ministérios, mais Casa Civil e do Gabinete de Segurança Institucional estão reunidos no Ministério da Saúde para tratar de soluções para a contenção da doença.


Ainda nesta tarde haverá uma conferência com ministros de Saúde de 34 países da América do Norte, do Sul, Central e Caribe, para avaliar o avanço da doença, atualizar os dados de infectação em cada país e trocar informações sobre procedimentos adotados. A conferência será coordenada pela Organização Pan Americana de Saúde (Opas), braço da Organização Mundial de Saúde (OMS) na América do Sul, Central e Caribe.

Desde a semana passada, a gripe suina vem sendo chamada de gripe A, devido a manifestações dos produtores de carne suína que temem a redução do consumo do produto devido a doença.

Na última sexta-feira (1º), o ministério alterou a definição de caso suspeito e em monitoramento. Agora, são considerados suspeitas pessoas provenientes de qualquer área dos países com confirmação de casos e que apresentem os sintomas da gripe suína, ou que tenham tido contato próximo com alguém infectado. Antes, eram enquadradas nessa categoria pessoas que vinham apenas de áreas afetadas dentro desses países.

Pelas novas regras, qualquer passageiro de viagem internacional que apresentar os sintomas da gripe suína passa a ser monitorado. Até sexta-feira, eram considerados em monitoramento aqueles que vinham de países afetados.

Fonte: Luciana Lima  - Agência Brasil 
 

Mais Sobre Saúde

Projeto que ajuda a reduzir danos psicoemocionais em pacientes com Covid-19 recebe apoio da Sicoob Credip

Projeto que ajuda a reduzir danos psicoemocionais em pacientes com Covid-19 recebe apoio da Sicoob Credip

O Hospital Regional de São Francisco do Guaporé, em Rondônia, é referência em saúde para o tratamento hospitalar da Covid-19, em casos que demandem in