Porto Velho (RO) domingo, 20 de setembro de 2020
×
Gente de Opinião

Saúde

Amazônia Legal e Nordeste concentram metade da mortalidade infantil do país



Lisiane Wandscheer
Agência Brasil


Brasília - O ministro da Saúde José Gomes Temporão disse hoje (10), durante o Encontro Nacional de Prefeitos e Prefeitas que metade dos casos de mortalidade infantil acontecem em 207 municípios do Nordeste e da Amazônia Legal.

Temporão convocou os prefeitos a colaborarem no desafio de reduzir a mortalidade infantil no Brasil e antecipar o cumprimento da Meta do Milênio. "Vamos alcançar a Metade do Milênio que prevê a redução dos atuais 19.3 casos de mortes por cada grupo de mil crianças menores de um ano, para 14.4 prevista para 2015, para ser alcançada em 2012. Contamos com a participação dos municípios", disse.

O ministro destacou a importância de atacar o problema desde a gravidez por meio de um trabalho de conscientização sobre a necessidade da gestante realizar o pré-natal. "Precisamos priorizar o período néo-natal, o parto e o primeiro mês de vida. Nosso objetivo é reduzir a mortalidade 5% ao ano, através da qualificação da dos sistemas de urgência e emergência, ampliação dos bancos de leite humanos, transportes seguros através da Serviço de Atendimento Médico de Urgência (SAMU), para que nos locais mais distantes os pais possam transportar seus filhos com segurança até o atendimento médico", afirmou.

Por fim Temporão fez uma apelo aos prefeitos para que atualizem as informações sobre as mortes de crianças nos seus municípios. "Os prefeitos deveriam monitorar de perto e exigir um atestado de cada caso de óbito em seu município, para o Ministério da Saúde é muito importante saber as causas", destacou.


 

Mais Sobre Saúde

SENAI garante manutenção de respiradores da rede pública do Estado

SENAI garante manutenção de respiradores da rede pública do Estado

A rede pública de Rondônia recebeu essa semana, seis respiradores pulmonares que passaram por manutenção do Serviço Nacional de Aprendizagem Industr