Porto Velho (RO) sexta-feira, 18 de setembro de 2020
×
Gente de Opinião

Saúde

87% dos brasileiros desperdiçam água quando escovam os dentes



Ana Luiza Zenker
Agência Brasil

Brasília - De acordo com uma pesquisa divulgada hoje (5) pela organização não-governamental WWF Brasil, realizada em parceria com o Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística (Ibope), 87% dos brasileiros deixam a torneira da pia fechada enquanto escovam os dentes, abrindo somente para molhar a escova e enxaguar a boca.

Das 2002 pessoas entrevistadas pelos pesquisadores, 43% afirmaram que não gastam mais do que dez minutos para tomar banho, enquanto 13% disseram que levam pelo menos 20 minutos. Os jovens são os que mais gastam tempo tomando banho. Entre as pessoas de  16 a 24 anos, 21% levam mais do que 20 minutos. “Quanto mais idosa é a pessoa, menos tempo ela gasta no banho”, diz o  coordenador do Programa de Educação Ambiental do WWF Brasil, Irineu Tamaio.

“A gente acredita que tem que investir em processos de formação, de educação junto a esses jovens, eles teriam que mudar os seus hábitos e a suas posturas”, complementa.

“Se você fala 20 minutos e considera que pra cada minuto você gasta pelo menos três litros de água, tem uma média de três a seis litros, você multiplica pela população, principalmente nas Regiões Sul e Sudeste, que têm grande concentração populacional, [diminuindo o tempo de banho] a economia seria o equivalente para abastecer uma população de quase dois milhões de habitantes, o que demonstra que essas ações individuais, quando colocadas em escala, têm impacto muito grande”, ressalta  Samuel Barrêto, coordenador do Programa Água para a Vida, do WWF Brasil.

Ainda segundo os dados da pesquisa, 42% dos brasileiros não têm carro, utilizam transporte público, mas, sempre que possível, preferem se locomover a pé ou em bicicleta. Outros 26% também não têm carro e utilizam sempre o transporte coletivo. No entanto, o percentual das pessoas que andam somente de carro e quase sempre sozinhas anida é alto: 13%. Além disso, 87% das pessoas entrevistadas nunca andaram de avião.

Os brasileiros também não costumam morar sozinhos. Mais da metade dos 2002 entrevistados, 55%, afirmaram que dividem a moradia com quatro pessoas ou mais.

A pesquisa teve como objetivo analisar os hábitos de consumo dos brasileiros e medir a “pegada ecológica”, ou seja, qual o impacto que esses hábitos têm sobre o meio ambiente e qual a área necessária para gerar os produtos e serviços necessários para manter esse estilo de vida.

 

Mais Sobre Saúde

SENAI garante manutenção de respiradores da rede pública do Estado

SENAI garante manutenção de respiradores da rede pública do Estado

A rede pública de Rondônia recebeu essa semana, seis respiradores pulmonares que passaram por manutenção do Serviço Nacional de Aprendizagem Industr