Porto Velho (RO) segunda-feira, 18 de fevereiro de 2019
×
Gente de Opinião

Rondônia

Núcleo de Apoio à Criança com Câncer recebe doação de R$ 68 mil de programa social da Havan


Núcleo de Apoio à Criança com Câncer recebe doação de R$ 68 mil de programa social da Havan - Gente de Opinião

Na manhã desta segunda-feira (11/02) o Núcleo de Apoio à Criança com Câncer (NACC) recebeu da loja Havan uma doação no valor de R$ 68 mil reais. O recurso foi levantado através do projeto social “Troco Solidário”, implantado na unidade de Porto Velho.

O troco solidário é uma iniciativa da Havan com participação da sociedade. Ao pagar as compras com dinheiro, o cliente é convidado pelo operador de caixa da loja a doar o troco. As doações são contabilizadas no sistema e a pessoa recebe um comprovante de participação da campanha com o nome da entidade que está ajudando.

A cada seis meses uma instituição filantrópica da cidade é contemplada. Quem representou o NACC na cerimônia de entrega do recurso foi um dos fundadores e atual vice-presidente da instituição, Isaias Fonseca. Ele agradeceu a iniciativa da Havan, dos colaboradores e, principalmente, a população que atendeu ao chamado e colaborou com as doações.

“No NACC quem agradece são as crianças atendidas. O recurso será empregado na construção da sede própria que deve inaugurada ainda este ano. É uma valor muito próximo do que precisávamos para pagar o elevador, que dará mais comodidade às crianças”, explicou Isaias.

A gerente-geral da Havan de Porto Velho, Michelle da Fonseca, contou que a participação dos portovelhenses na campanha foi muito acima da média nacional. “Somos 115 lojas no Brasil, todas participam do projeto para beneficiar instituições em suas cidades. Dentre todas as unidades, Porto Velho foi a 3º loja com a maior arrecadação no valor de sessenta e oito mil reais, tendo o NACC como beneficiário”, ressaltou.

Quem também esteve na cerimônia foi o pessoal do Lions Clube, organização internacional que atende a causas humanitárias. A instituição também é parceira do NACC nos trabalhos sociais. O responsável, Ronny Eguez, adiantou que o Lions Internacional tem um projeto que é levantar recursos no valor de $100 mil dólares. “Valor que será utilizado para comprar todo o mobiliário da casa de apoio”, garantiu o vice-presidente do NACC.

O NACC foi fundado em 2007 com objetivo de oferecer apoio e melhorar a qualidade de vida das crianças e familiares/acompanhantes, durante o tratamento de câncer. Além de hospedagem e alimentação, o NACC oferece também serviços de assistência social, odontológica, psicológica, terapia ocupacional, fisioterapia, nutrição e pedagogia.

Desde sua fundação, mais 06 mil pessoas já foram atendidas pela instituição, que funciona em um prédio alugado com capacidade para 25 pessoas. Um dos maiores desejos da instituição era conquistar a sede própria, sonho que começou a se tornar realidade em junho de 2014, com a doação de um terreno. A construção da sede própria está bem adiantada, graças a doações da sociedade.

Mais Sobre Rondônia

Nota de pesar da ALE - Jaelson Vicente, o “Xoradin”

Nota de pesar da ALE - Jaelson Vicente, o “Xoradin”

A Assembleia Legislativa de Rondônia manifesta profundo pesar pelo falecimento do comunicador Jaelson Vicente, o “Xoradin”, ocorrido nesta sexta-feir

Deputados se reúnem com superintendente do Basa, que anuncia R$ 1,910 bi para investimentos no setor produtivo

Deputados se reúnem com superintendente do Basa, que anuncia R$ 1,910 bi para investimentos no setor produtivo

Parlamentares também foram informados de entraves que dificultam o acesso ao crédito pelos produtoresO Banco da Amazônia disponibiliza neste ano pa

Fecomércio: Aumento da tarifa energia elétrica pode afetar o nível do crescimento do Estado

Fecomércio: Aumento da tarifa energia elétrica pode afetar o nível do crescimento do Estado

Presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Rondônia-Fecomércio/RO, Raniery Coelho, está preocupado com os efeitos do

Jovens aprendizes têm oportunidade de qualificação profissional na Usina Jirau

Jovens aprendizes têm oportunidade de qualificação profissional na Usina Jirau

Comprometida com o desenvolvimento social, a Energia Sustentável do Brasil (ESBR) admitiu em 2018 oito aprendizes para estágio remunerado na Usina H