Porto Velho (RO) sexta-feira, 28 de fevereiro de 2020
×
Gente de Opinião

Rondônia

Deputados estaduais mantêm veto em defesa do comércio e do consumidor


Para o presidente da Fecomércio/RO, Raniery Coelho, a decisão pela manutenção do veto foi uma vitória para o setor produtivo e consumidores do Estado - Gente de Opinião
Para o presidente da Fecomércio/RO, Raniery Coelho, a decisão pela manutenção do veto foi uma vitória para o setor produtivo e consumidores do Estado


A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Rondônia (Fecomércio/RO) e as entidades empresariais: Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Estado de Rondônia (FCDL), Associação Nacional dos Bureaus de Crédito (ANBC), Câmara de Dirigentes Lojistas de Porto Velho (CDL) e Associação Comercial de Rondônia (ACR) comemoram a manutenção do veto n°12/2019 ao projeto de lei 732/2017 que regulamenta o sistema e inclusão dos nomes dos consumidores nos cadastros de proteção ao crédito.  

Com a campanha denominada “Vote Sim pela Manutenção do Veto – Contra a carta AR em defesa do consumidor, crédito e comércio de Rondônia, as entidades empresariais se mobilizaram para sensibilizar os deputados estaduais a manter o veto, pois a obrigatoriedade da Carta AR acarretaria em maior custo tanto para o consumidor como ao comércio. Em São Paulo, por exemplo, a lei do AR foi revogada e outros 10 estados rejeitaram a proposta ao verificarem os efeitos lesivos a economia.

O assunto entrou em pauta na tarde desta terça-feira (19) na Assembleia Legislativa do Estado e teve a adesão favorável dos 20 deputados estaduais presentes no plenário. 

O presidente da Assembleia Legislativa, Laerte Gomes, já havia se colocado favorável a manutenção do veto. Quando posta em votação, os deputados Jair Montes, Alex Redano, Eyder Brasil, Cirone Deiró, Adelino Follador, Aélcio da TV e Jean Oliveira se pronunciaram explicando as razões dos seus votos pela manutenção do veto por entenderem que prejudicaria a economia do Estado.

Para o presidente da Fecomércio/RO e vice-presidente da CNC, Raniery Coelho, a manutenção do veto se trata de uma vitória do setor produtivo e dos consumidores. “Agradeço especialmente ao deputado Laerte Gomes que se mobilizou pela causa, também aos demais deputados estaduais pelo entendimento. A união de todos, entidades e legislativo é de fundamental em momentos como esse, pois só assim podemos trabalhar por melhorias para a economia do nosso Estado”, afirmou Raniery Coelho.

Os deputados que votaram pela manutenção no veto nº12/2019 foram: Laerte Gomes, Rosângela Donadon, Cassia Muleta, Ezequiel Neiva, Jean Oliveira, Eyder Brasil, Cirone Deiró, Adelino Follador, Anderson Pereira, Alex Redano, Jair Montes, Aélcio da TV, Lebrão, Lazinho da Fetagro, Adailton Fúria, Edson Martins, Dr. Neidson, Alex Silva, Chiquinho da Emater, Ismael Crispin.

Mais Sobre Rondônia

Ponte do Abunã: Oriani defende adiamento como necessidade de segurança

Ponte do Abunã: Oriani defende adiamento como necessidade de segurança

O Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes (Dnit), no ano passado, anunciou  que adiou, para este ano sem data definida, a entrega da p

Postos de combustíveis com aumento abusivo são autuados pelo Procon Rondônia

Postos de combustíveis com aumento abusivo são autuados pelo Procon Rondônia

O Procon Rondônia, órgão público de defesa do consumidor, realiza entre quinta (6) e sexta-feira (7) uma fiscalização em postos de combustíveis para a

Ouvidoria Geral do Estado busca estreitar laços com Tribunal de Justiça de Rondônia

Ouvidoria Geral do Estado busca estreitar laços com Tribunal de Justiça de Rondônia

Ações que buscam o fortalecimento da integração em rede das ouvidorias públicas dos poderes independentes e o compartilhamento de informações fora