Porto Velho (RO) quarta-feira, 16 de janeiro de 2019
×
Gente de Opinião

Política

USINAS DO MADEIRA: Prefeitura reafirma apoio total em audiência pública


Representando o prefeito Roberto Sobrinho, o secretário municipal do Meio Ambiente, Wilson Correia, participou ontem, em Abunã, da terceira audiência pública realizada pelo Ibama e o Consórcio Furnas-Odebrecht, para discutir os efeitos das duas usinas hidrelétricas a serem construídas no Madeira.
 
Diante de mais de quinhentas pessoas, Correia confirmou que a administração municipal é a favor da realização da obra, desde que “tragam progresso, oportunidades e melhor qualidade de vida para população porto-velhense”. Esta seria uma das formas de compensação pelos impactos ambientais e sociais resultantes do mega-empreendimento.
 
Correia justificou a ausência do prefeito, esclarecendo que Roberto Sobrinho está empenhando em alocar verbas em Brasília para a implantação de infra-estrutura da cidade, tal como a expansão da rede de água e de esgoto; e tratando de assegurar as condições ideais para a formação da mão-de-obra local, através da instalação da Escola Técnica Federal.
 
Audiência
Com ampla participação da comunidade local, que questionou os empreendedores e as autoridades, sobre as medidas projetadas para atenuar os impactos negativos.Como nas audiências anteriores, em Jaci-Paraná e Porto Velho, as preocupações principais da comunidade giraram em torno dos sedimentos, da preservação dos peixes, da prioridade à população local nas contratações de trabalhadores e das indenizações às famílias atingidas pela inundação decorrente do represamento do rio.
 
Foi esclarecido que as praias do rio Abunã não serão atingidas, o que vai garantir à população local e de toda a  região o acesso aos balneários no período da seca, como acontece hoje. “Fico satisfeito que a comunidade tenha tido acesso às informações verdadeiras, pois o empreendimento está completamente restrito ao território brasileiro, o que provamos hoje sem sombra de dúvida”, afirmou o engenheiro responsável pelo projeto, José Eduardo Moreira, da PCE Engenharia.
 
Sobre o tema da geração de empregos, o diretor ambiental da Odebrecht, Sérgio Leão, afirmou que “a capacitação da mão-de-obra local começará imediatamente após a definição do consórcio vencedor no leilão que acontecerá após a emissão da licença ambiental prévia. Sobre a ictiofauna (conjunto de peixes da região), a superintendente de gestão ambiental de Furnas, Norma Vilella, informou que “serão construídos mecanismos para permitir a passagem dos peixes que já sobem hoje as cachoeiras de Santo Antônio, Teotônio e Jirau”.
 
Os representantes dos empreendedores esclareceram também que não haverá qualquer efeito negativo sobre o uso da água, pois o projeto foi concebido para garantir o uso múltiplo, não havendo qualquer possibilidade de escassez de água. “Infelizmente,  membros de algumas organizações não governamentais, representadas na audiência inclusive por lideranças estrangeiras, e de alguns movimentos sociais contrários ao projeto, retiraram-se no meio da audiência pública depois de ter registrado em vídeo apenas os discursos que lhes interessavam, com ataques ao projeto”, protestou Samuel Pessoa da Silva, coordenador de políticas públicas para a juventude da Prefeitura de Porto Velho.

Mais Sobre Política

ACRE: Eleições da Fieac é marcada por batalhas jurídicas entre candidatos na Justiça do Trabalho

ACRE: Eleições da Fieac é marcada por batalhas jurídicas entre candidatos na Justiça do Trabalho

O processo eleitoral na Federação das Indústrias do Estado do Acre (Fieac), cujo pleito ocorreu nesta segunda-feira (14), foi e está sendo marcado pel

Servidor e Deputado Federal Criticam o Fim do Ministério do Trabalho

Servidor e Deputado Federal Criticam o Fim do Ministério do Trabalho

O Fim do Ministério do Trabalho é Retrocesso, afirma o servidor público Brunno Oliveira.Criado pelo então Presidente Getúlio Vargas em 1930 chega a

Ouvidoria/TCE-RO recebe visita técnica do ouvidor-geral do Estado

Ouvidoria/TCE-RO recebe visita técnica do ouvidor-geral do Estado

Explanação sobre ações desenvolvidas pela Ouvidoria do Tribunal de Contas (TCE-RO) e a possibilidade da oferta de capacitação e orientação ao corpo fu

Deputada Marinha Raupp anuncia implantação do campus avançado do IFRO no Vale do Guaporé

Deputada Marinha Raupp anuncia implantação do campus avançado do IFRO no Vale do Guaporé

Decreto publicado pelo Ministério da Educação autoriza o funcionamento do Campus em São Miguel do Guaporé Cumprindo compromisso firmado com a deputada