Porto Velho (RO) sábado, 24 de outubro de 2020
×
Gente de Opinião

Política

USINAS DO MADEIRA: Ambientalistas criticam estudo de impacto


Ambientalistas criticam estudo de impacto de usinas no Madeira apresentado por consórcio

Lana Cristina 
Agência Brasil

Brasília - Críticas não faltam ao Estudo de Impacto Ambiental (EIA/Rima) feito pelo consórcio Furnas/Odebrecht das usinas Santo Antonio e Jirau, no Rio Madeira.

Várias organizações ambientalistas têm se manifestado contra o documento, entre elas o Instituto Madeira Vivo, criado para aprofundar e disseminar as informações sobre o impacto das obras.

Um dos coordenadores do instituto, o pesquisador em Energias Renováveis Iremar Antônio Ferreira, aponta o que considera a maior falha dos estudos do consórcio: a restrição da área de abrangência.

"Só fizeram estudo de 290 quilômetros e a bacia tem uma amplitude de mais de 1 milhão de quilômetros, o que significa a necessidade de um estudo amplo. O projeto visa à integração regional, tanto que é chamado de Complexo do Madeira", lembrou Ferreira.

O ambientalista está certo de que o projeto tem por objetivo tornar navegável o trecho que vai até a Bolívia, criando um corredor de exportação, pelo Pacífico, para a soja produzida no Centro-Oeste.

O secretário-executivo do Ministério de Minas e Energia, Nelson Hubner, disse que as hidrovias são fundamentais para o deslocamento na região, mas que no momento atual do processo de licenciamento das usinas do Madeira, eclusas não estão programadas. São as eclusas que permitem transpor obstáculos, como cachoeiras e corredeiras, para que as embarcações naveguem.

"O custo de uma eclusa não pode ser colocado no custo de geração de energia porque haveria uma sobrecarga para o consumidor", observou.

Ferreira contesta a exclusão das eclusas do projeto. "O EIA, que é a peça técnica para discussão com a sociedade traz as eclusas. Se dizem que não está em discussão, porque elas estão no documento"?

Mais Sobre Política

Assembleia instala Conselho de Ética e define presidente e vice

Assembleia instala Conselho de Ética e define presidente e vice

A Assembleia Legislativa de Rondônia instalou, na última semana, o Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Casa. Nesta quarta-feira o Ato 042/2020 d

Vereadora Cristiane Lopes presta contas de atividades em meio à pandemia

Vereadora Cristiane Lopes presta contas de atividades em meio à pandemia

Sem parar os trabalhos legislativos, desde que começou a pandemia pelo coronavírus.  A vereadora Cristiane Lopes (Progressistas), protocolou na Câmara

Presidente da CCJ, deputado Adelino Follador, é contrário a criação de reserva em Jacinópolis

Presidente da CCJ, deputado Adelino Follador, é contrário a criação de reserva em Jacinópolis

O presidente da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) da Assembleia Legislativa de Rondônia (ALE/RO), deputado Adelino Follador (DEM), di

Cristiane Lopes homenageia os médicos em seu dia, heróis em tempos de pandemia

Cristiane Lopes homenageia os médicos em seu dia, heróis em tempos de pandemia

Homenagear a cada um de vocês, nossos médicos, que atentos à dor alheia e dispostos a salvar vidas, em tempos de enfrentamento ao novo coronavírus é