Sexta-feira, 19 de julho de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Política

USINAS DO MADEIRA: Ambientalistas criticam estudo de impacto


Ambientalistas criticam estudo de impacto de usinas no Madeira apresentado por consórcio

Lana Cristina 
Agência Brasil

Brasília - Críticas não faltam ao Estudo de Impacto Ambiental (EIA/Rima) feito pelo consórcio Furnas/Odebrecht das usinas Santo Antonio e Jirau, no Rio Madeira.

Várias organizações ambientalistas têm se manifestado contra o documento, entre elas o Instituto Madeira Vivo, criado para aprofundar e disseminar as informações sobre o impacto das obras.

Um dos coordenadores do instituto, o pesquisador em Energias Renováveis Iremar Antônio Ferreira, aponta o que considera a maior falha dos estudos do consórcio: a restrição da área de abrangência.

"Só fizeram estudo de 290 quilômetros e a bacia tem uma amplitude de mais de 1 milhão de quilômetros, o que significa a necessidade de um estudo amplo. O projeto visa à integração regional, tanto que é chamado de Complexo do Madeira", lembrou Ferreira.

O ambientalista está certo de que o projeto tem por objetivo tornar navegável o trecho que vai até a Bolívia, criando um corredor de exportação, pelo Pacífico, para a soja produzida no Centro-Oeste.

O secretário-executivo do Ministério de Minas e Energia, Nelson Hubner, disse que as hidrovias são fundamentais para o deslocamento na região, mas que no momento atual do processo de licenciamento das usinas do Madeira, eclusas não estão programadas. São as eclusas que permitem transpor obstáculos, como cachoeiras e corredeiras, para que as embarcações naveguem.

"O custo de uma eclusa não pode ser colocado no custo de geração de energia porque haveria uma sobrecarga para o consumidor", observou.

Ferreira contesta a exclusão das eclusas do projeto. "O EIA, que é a peça técnica para discussão com a sociedade traz as eclusas. Se dizem que não está em discussão, porque elas estão no documento"?

Gente de OpiniãoSexta-feira, 19 de julho de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

Eleições 2024: MP Eleitoral busca garantir cumprimento de cota de gênero em Rondônia

Eleições 2024: MP Eleitoral busca garantir cumprimento de cota de gênero em Rondônia

O Ministério Público Eleitoral (MP Eleitoral) expediu a Instrução PRE/RO nº 01/2024 aos promotores eleitorais em Rondônia, com o objetivo de assegur

Cerimônia de lançamento do aeroporto de Ariquemes é marcada por emoção e grande participação

Cerimônia de lançamento do aeroporto de Ariquemes é marcada por emoção e grande participação

A tão aguardada Cerimônia de Lançamento do Início das Obras do Aeroporto de Ariquemes foi um sucesso absoluto. Realizado na manhã do dia 15 de julho

Deputado Alex Redano anuncia que recurso para recuperação de estradas está na conta da prefeitura de Nova Mamoré

Deputado Alex Redano anuncia que recurso para recuperação de estradas está na conta da prefeitura de Nova Mamoré

O deputado estadual Alex Redano (Republicanos) anunciou na manhã desta quarta-feira (16) que já está na conta da prefeitura de Nova Mamoré o valor

AGIR declara apoio a pré-candidata Mariana Carvalho

AGIR declara apoio a pré-candidata Mariana Carvalho

Em reunião realizada na última terça-feira, 16, entre os partidos AGIR, Partido Renovador Trabalhista Brasileiro - PRTB e Democracia Cristã foi disc

Gente de Opinião Sexta-feira, 19 de julho de 2024 | Porto Velho (RO)