Porto Velho (RO) quinta-feira, 22 de abril de 2021
×
Gente de Opinião

Política

UNE protocola manifesto sobre Hidrlétricas de Santo Antônio e Jirau


Manifesto protocolado pela direção da União Nacional dos Estudantes – UNE RO/AC, na Audiência Pública realizada pelo Ibama no distrito de Abunã, nesta quarta-feira, 29, sobre as Hidrelétricas de Santo Antônio e Jirau:


UNIÃO NACIONAL DOS ESTUDANTES – UNE
Direção Rondônia/Acre

 Mais do que o órgão de representação dos estudantes universitários, a União Nacional dos Estudantes (UNE) é uma das principais organizações da sociedade civil brasileira, com uma bela história de lutas e conquistas ao lado do povo brasileiro. Estivemos presentes nos principais acontecimentos políticos, sociais e culturais do Brasil. Desde a luta pelo fim da ditadura do Estado Novo, atravessando a luta do desenvolvimento nacional, a exemplo da campanha do Petróleo, os anos de chumbo do regime militar, as Diretas Já e o impeachment do presidente Collor. Da mesma forma, foi um dos principais focos de resistência às privatizações e ao neoliberalismo que marcou a Era FHC.

Regionalmente também estivemos presentes em momentos importantes e decisivos de nossa história política, a exemplo do recente escândalo da corrupção envolvendo membros dos três Poderes, onde através de nossa atuação juntamente com outras entidades conseguimos mobilizar milhares de pessoas em torno de dessa causa.  
 
Dando continuidade a esse histórico de luta e ao nosso comprometimento com a sociedade rondoniense, a UNE não poderia deixar de estar inserida nos debates a respeito do Complexo do Madeira. Depois de participarmos ativamente de uma série de debates e estudos sobre o empreendimento, avaliando os pontos positivos e negativos, nos sentimos credenciados a dizer que tal empreendimento é de fundamental importância para o desenvolvimento do nosso Estado. Estado esse que nos apresenta na atual conjuntura uma realidade cruel para com o nosso povo, privando-os do acesso à educação, saúde, saneamento básico, emprego, segurança, cultura e lazer, coisas que a constituição nos assegura, porém não é executada. Ao pautarmos isso, não estamos representando interesses pessoais, e sim coletivos, diferentemente de algumas organizações, a exemplo das ONG's que na maioria delas são financiadas e patrocinadas por interesses econômicos internacionais que visam mais a privatização e internacionalização de nossas riquezas do que a preservação dela. Diante disso, tentam a todo custo desesperadamente evitar que uma grande oportunidade como esta que se apresenta de desenvolver o nosso Estado. 


OZANIR SILVA
DIRETOR REGIONAL RO/AC

Mais Sobre Política

Deputado Alex Redano recebe o presidente da ASSEJUS e garante portas abertas na ALE

Deputado Alex Redano recebe o presidente da ASSEJUS e garante portas abertas na ALE

Em visita institucional, o presidente da Assembleia Legislativa de Rondônia, Alex Redano, recebeu nesta quinta-feira (15/04), o presidente da Associ

Marcos Rocha atende indicação do deputado Cirone Deiró e confirma “Tudo Aqui” para atender Cacoal

Marcos Rocha atende indicação do deputado Cirone Deiró e confirma “Tudo Aqui” para atender Cacoal

Em recente visita ao município de Cacoal, o governador Marcos Rocha (sem partido) reconheceu a necessidade da implantação do Tudo Aqui na Capital do

Em Brasília, Mariana Carvalho e vereadores de Cacoal buscam solução para o sorteio do Residencial Cidade Verde

Em Brasília, Mariana Carvalho e vereadores de Cacoal buscam solução para o sorteio do Residencial Cidade Verde

A Deputada Federal Mariana Carvalho e os Vereadores de Cacoal Edimar Kapiche e Paulinho do Cinema se reuniram nesta quarta-feira (14) com o Secretár

Reunidos em comissão geral, deputados aprovam o nome de Paulo Renato Haddad para presidência da Fapero

Reunidos em comissão geral, deputados aprovam o nome de Paulo Renato Haddad para presidência da Fapero

Em comissão geral realizada no Plenário das Deliberações na noite de terça-feira (13), os deputados aprovaram em votação nominal o nome de Paulo Ren