Sexta-feira, 21 de junho de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Política

'Transposição de servidores só depende de vontade política', diz Moreira Mendes



A votação da Proposta de Emenda Constitucional nº 483/2005, que trata da transposição dos servidores do ex-Território Federal de Rondônia aos quadros da União, na Câmara dos Deputados, só depende de vontade política. Foi o que disse, na manhã de hoje, o deputado federal Moreira Mendes (PPS-RO), ao conceder entrevistas a emissoras de rádio rondonienses. Segundo ele, a PEC da Transposição, como é conhecida, já está pronta para ser votada em plenário, faltando apenas a sua inclusão na pauta de votações.

Moreira Mendes, que é um dos maiores defensores da transposição, fez questão de abordar o assunto em resposta a inúmeros questionamentos de servidores e da população em geral, que aguardam uma decisão final sobre a PEC. “É uma das coisas que mais me perguntam em Rondônia, e eu faço questão de responder porque acho que o povo tem que ser bem informado, sobretudo o nosso servidor público”, frisou.

O deputado explicou que a PEC 483 já passou por uma comissão especial na Câmara e todos os deputados de Rondônia fizeram sua parte. “Só que quem decide o que vai e o que não vai para o plenário é o presidente da Câmara, que ouve o colégio de líderes de todos os partidos. Se todos os partidos concordarem em colocar (a PEC) na pauta, certamente vamos brigar para ela ser aprovada em plenário”. Moreira acrescentou, inclusive, que o seu partido, o PPS, já solicitou a inclusão da matéria na ordem do dia. “A colocação na pauta depende principalmente dos partidos da base aliada. Agora, com a palavra o PT, o PMDB, o PP e os demais partidos da base do governo. Mas é bom lembrar que, uma vez aprovada na Câmara, a matéria volta para o Senado, porque houve modificações”.

Questionamento

Ainda segundo Moreira Mendes, o grande questionamento que deve ser feito por cada servidor rondoniense é se a transposição convém ou não. “Nós temos votado aqui inúmeras Medidas Provisórias que dão aumento ao servidor público federal. E onde entram os funcionários do quadro em extinção dos ex-Territórios? Nunca. Porque o governo federal discrimina esses funcionários. Será que é vantagem brigar para levar mais servidores para o quadro federal para, no final, ficarem engavetados na burocracia do Ministério da Fazenda?”, questionou o parlamentar, renovando seu apoio à causa dos servidores. “Tenham todos a certeza de que nós estamos fazendo a nossa parte nessa questão”, afirmou.  

Fonte: Claudivan Santiago

Gente de OpiniãoSexta-feira, 21 de junho de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

Deputado Alex Redano busca junto ao DER recurso para Guajará-Mirim

Deputado Alex Redano busca junto ao DER recurso para Guajará-Mirim

O deputado estadual Alex Redano (Republicanos) recebeu no último dia 12 de junho (quarta-feira) uma demanda para solucionar a drenagem pluvial na a

Deputada Federal Cristiane Lopes anuncia investimentos em Visitas a Vilhena, Espigão D'Oeste e Cacoal

Deputada Federal Cristiane Lopes anuncia investimentos em Visitas a Vilhena, Espigão D'Oeste e Cacoal

Cumprindo uma intensa agenda pelo interior de Rondônia, a deputada federal Cristiane Lopes (União Brasil) visitou na última semana os municípios de

Assembleia Legislativa assegura apoio a 3ª Feira Científica, em Rolim de Moura

Assembleia Legislativa assegura apoio a 3ª Feira Científica, em Rolim de Moura

A cidade de Rolim de Moura receberá nos dias 8 e 9 de agosto a 3ª Feira Científica. O fórum, organizado pelo Instituto Mocam - Movimento Científico

Presidente Laerte Gomes destaca sucesso do 1º Fórum do Parlamento Amazônico em Brasília

Presidente Laerte Gomes destaca sucesso do 1º Fórum do Parlamento Amazônico em Brasília

Sob a presidência do deputado estadual Laerte Gomes (PSD), o Parlamento Amazônico se reuniu na tarde da última terça-feira (19), na Câmara dos Deput

Gente de Opinião Sexta-feira, 21 de junho de 2024 | Porto Velho (RO)