Porto Velho (RO) quarta-feira, 23 de outubro de 2019
×
Gente de Opinião

Política

SUFRAMA: R$ 156 mi para Rondônia e mais quatro estados


Emerson Quaresma

O Governo Federal assina hoje o compromisso de descontingenciar R$ 156 milhões de recursos da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa).  Parte dos recursos vai beneficiar projetos no Amazonas, Roraima, Rondônia, Acre e na Área de Livre Comércio de Macapá e Santana, no Amapá.

A liberação foi anunciada, ontem, pela coordenadora-geral de Desenvolvimento Regional da Suframa, Eliany Maria de Souza Gomes, no primeiro Congresso de Municípios da Amazônia Ocidental, que encerra hoje no Hotel Da Vinci.  De acordo com Eliany, do total de recursos, R$ 115 milhões atenderão a projetos na região, e R$ 41 milhões serão destinados à Suframa para pagamento de despesas.
A divisão dos recursos para os Estados ocorrerá da seguinte forma: 35% será aplicado pelos Governos estaduais, o que dá 8,75% para cada um; outros 35% serão distribuídos entre os municípios; e 10% vão para as capitais e Área de livre comércio de Macapá e Santana, no Amapá.

Segundo Eliany, a verba descontingenciada será aplicada em projetos de infra-estrutura econômica direta, de capital intelectual na área de Pesquisa e Desenvolvimento e de turismo.  "Sempre focando o fortalecimento de projetos que venham a resolver os problemas logísticos ou de produção na região", comentou.

Partilha
Para o Amazonas será destinado um montante da ordem de R$ 27 milhões, sendo R$ 3 milhões para Manaus.  O presidente da Associação Amazonense dos Municípios (AAM), Anderson Souza, disse que o Governo abriu mão dos 8,75% a que tem direito e vai repassar o valor aos municípios.  A reportagem tentou confirmar a informação junto à assessoria de comunicação do Governo, mas não obteve resposta.

O presidente da AAM pediu às associações de municípios dos Estados da Amazônia Ocidental que encaminhem hoje, à Suframa, propostas sobre como dividir os recursos entre os municípios.  A associação do Amazonas, de acordo com Anderson, que é prefeito de Rio Preto da Eva (a 88 quilômetros de Manaus), vai defender o critério de proporção populacional na divisão dos recursos.  "Tem muitos prefeitos que não sabem o que querem", disse.

Fonte: Fonte: A Crítica

Mais Sobre Política

Comissão de Educação da ALE discute tabela do piso do magistério com secretário da Seduc

Comissão de Educação da ALE discute tabela do piso do magistério com secretário da Seduc

A Comissão de Educação e Cultura (CEC), da Assembleia Legislativa, se reuniu na manhã desta quarta-feira (23), para deliberar projetos e também disc

Polícia Federal deflagrou a Operação Grand Bazaar, que  investiga fraude em fundos de pensão

Polícia Federal deflagrou a Operação Grand Bazaar, que investiga fraude em fundos de pensão

Por determinação do Supremo Tribunal Federal, a Polícia Federal (PF) deflagrou hoje (21) a Operação Grand Bazaar, visando desarticular um “esquema cri

Ministério Público realiza reunião sobre os bairros Conceição e Flamboyant após intervenção de Cristiane Lopes

Ministério Público realiza reunião sobre os bairros Conceição e Flamboyant após intervenção de Cristiane Lopes

Após a vereadora Cristiane Lopes (PP) ir até o Ministério Público Estadual (MP/RO), para relatar os problemas das obras de pavimentação dos bairros Fl

Mariana Carvalho apresenta declaração sobre cobertura universal de saúde em assembleia da União Interparlamentar

Mariana Carvalho apresenta declaração sobre cobertura universal de saúde em assembleia da União Interparlamentar

Mais de 1700 parlamentares e parceiros da ONU e da sociedade civil de todo o mundo estão reunidos em Belgrado, na Sérvia, onde acontece a 141ª Assembl