Quarta-feira, 12 de junho de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Política

STF declara inconstitucional 2 artigos de lei Rondoniense


Plenário declara a inconstitucionalidade de dois artigos de lei de Rondônia que estavam em vigor há 18 anos 
 
Por unanimidade, o Plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) declarou, nesta quarta-feira (21), a inconstitucionalidade dos artigos 4º e 5º da Lei nº 227/89, do estado de Rondônia. O primeiro deles concedia um reajuste salarial de 10% ao funcionalismo público estadual e estabelecia o mês de maio como data-base para reajuste dos servidores do estado. Já o segundo determinava a equiparação dos reajustes desses servidores com os da União.

Os dois dispositivos foram impugnados na Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 64, proposta pelo então governador de Rondônia no ano da promulgação da lei. A norma surgiu de uma proposta de iniciativa do próprio Poder Executivo estadual, mas foi emendada pela Assembléia Legislativa, que manteve posteriormente sua decisão, derrubando vetos do governador aos dois dispositivos hoje declarados inconstitucionais pelo STF.

A relatora, ministra Cármen Lúcia Antunes Rocha, acolheu os argumentos do então governador e da Procuradoria Geral da República, de que a mencionada lei fere o artigo 61, parágrafo 1º, inciso II, "a", da Constituição Federal (CF), que dispõe serem de iniciativa privativa do presidente da República – e, por analogia, também dos chefes dos Executivos estaduais – as leis que disponham sobre a criação de cargos, funções ou empregos públicos na administração direta, autárquica ou aumento de sua remuneração. Também fere, segundo ela, o artigo 63, I, que veda o aumento de despesa nos projetos de iniciativa exclusiva do chefe do Executivo.

A ministra considerou, ainda, que os dispositivos ferem o artigo 37, incisos X e III, da CF, que exige lei exclusiva para fixação da remuneração dos servidores e dos subsídios dos ministros e secretários estaduais, bem como veda a vinculação ou equiparação de qualquer espécie remuneratória para o efeito de remuneração de pessoal do serviço público. 

Fonte: STF

Gente de OpiniãoQuarta-feira, 12 de junho de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

TV Alero começa a exibir reportagens especiais sobre a importância do homem do campo

TV Alero começa a exibir reportagens especiais sobre a importância do homem do campo

Em um esforço para destacar a importância da atuação parlamentar em prol de produtores rurais rondonienses, a TV Assembleia produziu uma série de r

Emenda do deputado Ribeiro movimenta mais de 500 atletas no campeonato estadual de Jiu-Jitsu

Emenda do deputado Ribeiro movimenta mais de 500 atletas no campeonato estadual de Jiu-Jitsu

O ginásio Cláudio Coutinho, em Porto Velho, recebeu entre os dias 08 e 09 de junho, mais de 500 atletas que participaram do Campeonato Estadual de J

Empresário Daniel Moraes Pit Bull anuncia pré-candidatura a vereador em Candeias do Jamari

Empresário Daniel Moraes Pit Bull anuncia pré-candidatura a vereador em Candeias do Jamari

O cenário político em Candeias do Jamari se aquece com a recente novidade da pré-candidatura do empresário Daniel Moraes Pit Bull, filiado ao partid

CCJR discute projeto sobre horários de provas de concursos públicos em Rondônia

CCJR discute projeto sobre horários de provas de concursos públicos em Rondônia

A Comissão de Constituição e Justiça e de Redação (CCJR) distribuiu e deliberou projetos durante reunião ordinária, na manhã desta terça-feira (11).

Gente de Opinião Quarta-feira, 12 de junho de 2024 | Porto Velho (RO)