Porto Velho (RO) segunda-feira, 23 de novembro de 2020
×
Gente de Opinião

Política

Sistema que identifica exploração de madeiras está em teste na Amazônia


A Amazônia pode ganhar em breve uma ferramenta para identificar a exploração irregular de madeira nas florestas. Além dos monitoramentos via satélite que já existem na região, os órgãos de fiscalização ambiental poderão contar com o sistema de Detecção de Exploração Seletiva (Detex).

Em fase de teste, o novo sistema pretende captar alterações da cobertura de árvores sobre o solo, ou seja, das árvores retiradas, além de estradas abertas ou parques florestais construídos.

De acordo com o diretor do Serviço Florestal Brasileiro, Luiz Carlos Joels, o Detex permitirá um maior controle da exploração irregular de madeira.

"Quando identificarmos a atuação de pessoas na exploração de madeira, poderemos intervir a tempo e interromper a exploração quando se tratar de ilegalidade. Caso não tenha nenhuma autorização para aquela área, nós entenderemos que é uma atuação ilegal dos madeireiros", observou. "Então, o órgão ambiental encarregado de fiscalizar a região, seja o Ibama [Instituto Nacional do Meio Ambiente e dos Recursos Naturáveis Renováveis] ou órgão estadual do meio ambiente, será acionado para que faça o seu papel".

O Detex será abastecido por informações coletadas a partir de imagens do satélite sino-brasileiro Siber e de imagens captadas por radares do  Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam). Os distritos florestais da BR 163, de Carajás (no Pará) e a região Leste do Amazonas serão as primeiras áreas rastreadas.

A expectativa do Serviço Florestal Brasileiro é que as imagens captadas pelo Detex estejam disponíveis ainda neste semestre. Essas informações, segundo Joels, também serão oferecidas para a sociedade em geral, de graça e em tempo real, pela internet.

Participam do desenvolvimento do sistema o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, a Organização Não-governamental Imazon, o Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, o Ibama e o Museu Goeldi. As instituições contam com o apoio do Serviço Florestal Brasileiro.

Fonte: Elaine Borges - Agência Nacional

Mais Sobre Política

Aplicar recursos na educação é investir no crescimento do nosso Estado, afirma Alex RedanoP

Aplicar recursos na educação é investir no crescimento do nosso Estado, afirma Alex RedanoP

Cuidar da educação não é somente oferecer uma sala de aula e pagar professores, mas muito mais do que isso é oferecer condições adequadas e equipar as

Sargento Eyder Brasil contribuiu para a política de Regularização Fundiária no estado

Sargento Eyder Brasil contribuiu para a política de Regularização Fundiária no estado

O deputado Sargento Eyder Brasil (PSL) celebrou durante sessão extraordinária de quarta-feira (18), a aprovação do Projeto de Lei 481/2020, de autor

Vereadora Cristiane Lopes é autora de Leis importantíssimas para os cidadãos portovelhenses.

Vereadora Cristiane Lopes é autora de Leis importantíssimas para os cidadãos portovelhenses.

Cristiane Lopes (progressistas), teve diversas leis de sua autoria sancionadas durante esses quase quatro anos de mandato. A partir de agora são obr

Ponte sobre o Rio Urupá é uma das indicações do Sargento Eyder Brasil

Ponte sobre o Rio Urupá é uma das indicações do Sargento Eyder Brasil

A espera da Ponte sobre o Rio Urupá, que se arrastava há muitos anos, enfim pode ser concluída e entregue à população de Ji-Paraná, na terça-feira