Quinta-feira, 20 de junho de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Política

SINTERO envia ofícios ao governador e a seduc


SINTERO envia ofícios ao governador e ao secretário de Estado da
educação para comunicar a greve dos trabalhadores em educação

A direção do SINTERO protocolou nesta quarta-feira, 01/08, ofício no Gabinete do governador Ivo Cassol e no Gabinete do secretário de Estado da Educação, Edinaldo Lustoza, no qual informa sobre a decisão tomada pelos trabalhadores em educação, em assembléia, de paralisação das atividades a partir de segunda-feira, dia 06. No documento o sindicato reitera a Pauta de Reivindicações protocolada em fevereiro, e a disposição para o diálogo visando negociar as reivindicações da categoria.

A decisão de entrar em greve foi unânime nas assembléias realizadas em todas as Regionais do SINTERO. A categoria está revoltada por ter sido discriminada pelo governo na questão do reajuste salarial. Os trabalhadores em educação reivindicam desde o início do ano a reposição das perdas salariais, que chegam a 12% só na atual administração. O governo vinha se negando a negociar a reivindicação com o SINTERO, alegando que os cofres públicos não suportam qualquer reajuste. No entanto, concedeu aumento de 73% para os secretários de Estado e de até 116% para diretores de escolas e ocupantes de cargos comissionados.

Estudos feitos pela assessoria da CUT revelaram que a arrecadação do Estado aumentou mais de 126%, e que o comprometimento da folha de pagamento em relação às receitas caiu para pouco mais de 38%, enquanto a Lei de Responsabilidade Fiscal estabelece o limite de 49%.

Os trabalhadores em educação estão convencidos de que o governo ainda não reajustou os salários por falta de vontade política. Nesta quarta-feira a categoria iniciou um trabalho de esclarecimento à sociedade sobre os motivos da greve. "Sabemos que os alunos e a sociedade são prejudicados com a greve, mas serão ainda mais prejudicados se não houver melhoria na qualidade do ensino através da valorização dos profissionais de educação, se permitirem que o governo continue tratando a educação com descaso", disse Claudir Mata, presidente do SINTERO.

Fonte: Adércio Dias

Gente de OpiniãoQuinta-feira, 20 de junho de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

Deputado Alex Redano busca junto ao DER recurso para Guajará-Mirim

Deputado Alex Redano busca junto ao DER recurso para Guajará-Mirim

O deputado estadual Alex Redano (Republicanos) recebeu no último dia 12 de junho (quarta-feira) uma demanda para solucionar a drenagem pluvial na a

Deputada Federal Cristiane Lopes anuncia investimentos em Visitas a Vilhena, Espigão D'Oeste e Cacoal

Deputada Federal Cristiane Lopes anuncia investimentos em Visitas a Vilhena, Espigão D'Oeste e Cacoal

Cumprindo uma intensa agenda pelo interior de Rondônia, a deputada federal Cristiane Lopes (União Brasil) visitou na última semana os municípios de

Assembleia Legislativa assegura apoio a 3ª Feira Científica, em Rolim de Moura

Assembleia Legislativa assegura apoio a 3ª Feira Científica, em Rolim de Moura

A cidade de Rolim de Moura receberá nos dias 8 e 9 de agosto a 3ª Feira Científica. O fórum, organizado pelo Instituto Mocam - Movimento Científico

Presidente Laerte Gomes destaca sucesso do 1º Fórum do Parlamento Amazônico em Brasília

Presidente Laerte Gomes destaca sucesso do 1º Fórum do Parlamento Amazônico em Brasília

Sob a presidência do deputado estadual Laerte Gomes (PSD), o Parlamento Amazônico se reuniu na tarde da última terça-feira (19), na Câmara dos Deput

Gente de Opinião Quinta-feira, 20 de junho de 2024 | Porto Velho (RO)