Porto Velho (RO) quarta-feira, 18 de setembro de 2019
×
Gente de Opinião

Política

SINTERO: Cahúlla mente na propaganda eleitoral sobre educação


 
O governador João Cahúlla (PPS), candidato à reeleição, não está falando a verdade nos programas eleitorais quando se refere à situação dos servidores públicos e da educação.

Cahúlla afirmou em um de seus programas na televisão que o menor salário da educação em Rondônia é de R$ 2.000,00, quando, na verdade, o menor salário é R$ 889,83, abaixo do Piso Salarial Profissional Nacional, pago ao do professor de nível 1 em início de carreira com contrato de 40 horas.

De acordo com levantamento feito pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação – CNTE, o salário pago em Rondônia, que já foi o terceiro melhor do país, está, agora, entre os cinco piores, ficando a abaixo de Estados menores.

Para receber o maior salário dos professores em Rondônia, de R$ 2.097,14, o profissional terá que trabalhar 36 anos e atingir a referência 18 na tabela salarial.

Cahúlla também não fala a verdade quando se refere ao pagamento de precatórios. O Sintero possui várias ações judiciais com decisão em última instância determinando o pagamento, que o estado se recusa a pagar.

A ação do salário mínimo dos técnicos administrativos, por exemplo, estava com recursos garantidos no Orçamento do Estado de 2009, mas o governo não pagou.

Segundo a direção do Sintero, havia uma promessa de pagamento neste ano, mas nem isso o governo cumpriu.

Também não mereceu crédito por parte dos servidores a promessa do atual governador de criar uma “gestão compartilhada” na educação, já que o atual governo sequer dialoga com os legítimos representantes da categoria.

Cahúlla se recusou a comparecer à Conferência Estadual dos Trabalhadores em Educação, realizada em setembro, oportunidade em que todos os demais candidatos ao governo assinaram um termo de compromisso com a educação.

Para a direção do Sintero, o fato de Cahúlla ter se recusado a assinar o termo demonstra que o governo não tem compromisso com a educação.

Os diretores do Sintero, que durante todo o mandato do ex-governador Ivo Cassol e do atual governador João Cahúlla, vêm tentando sem sucesso um diálogo com a administração estadual, acham estranho que agora, durante a campanha, o governador promete tudo o que não cumpriu em oito anos.

Fonte: Ascom
 

Mais Sobre Política

Deputado Ismael Crispin visita escolas e convida alunos para participar dos concursos de redação e da escolha da Bandeira da Assembleia Legislativa

Deputado Ismael Crispin visita escolas e convida alunos para participar dos concursos de redação e da escolha da Bandeira da Assembleia Legislativa

Com o principal objetivo de divulgar e convidar a comunidade estudantil a participar do concurso de Redação da Assembleia Legislativa e da escolha d

ENERGISA: Projeto cria o Aviso-Prévio de 60 dias e dobra o valor da multa para a empresa

ENERGISA: Projeto cria o Aviso-Prévio de 60 dias e dobra o valor da multa para a empresa

Foi apresentado na Assembleia Legislativa do Estado de Rondônia (17/09) um projeto de lei, idealizado pelo Servidor do TJ/RO, Brunno Oliveira, que ser

Energisa: Comissão do Senado vem a Rondônia apurar denúncias de irregularidades

Energisa: Comissão do Senado vem a Rondônia apurar denúncias de irregularidades

Presidida pelo senador Marcos Rogério (DEM-RO), a Comissão de Infraestrutura aprovou nesta terça-feira (17/09) a realização de diligência no estado de

Presidente Laerte Gomes anuncia comissão especial para apurar denúncias contra Energisa

Presidente Laerte Gomes anuncia comissão especial para apurar denúncias contra Energisa

Em entrevista à rádio Transamérica na tarde de segunda-feira (16) em Porto Velho, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Laerte Gomes, anu