Porto Velho (RO) segunda-feira, 14 de outubro de 2019
×
Gente de Opinião

Política

Servidores municipais comemoram ganho real


 

Ao contrário dos estaduais, que tiveram perda salarial, servidores municipais tiveram ganho

A Prefeitura da Capital encerra nesta quarta-feira (30) o pagamento dos salários referentes ao mês de abril a seus 8.290 servidores, aplicando a nova tabela que permite um ganho real que varia de 5,54% a 14% com relação a inflação ao longo do ano passado, cujo percentual acumulado no ano é de 4,46%. Representa dizer que nos últimos três dias foram injetados R$ 14,5 milhões na economia da Capital.

Nesta quarta também se encerra o pagamento dos vencimentos dos servidores estaduais, que, ao contrário dos municipais, amargam perdas de cerca de meio por cento com relação à inflação do ano passado.

Em março, a Prefeitura foi surpreendida com a decisão do governo federal de aplicar o novo mínimo, de R$ 415, já a partir daquele mês, com reajuste de 9,21. Com isso, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva concedeu ganho real de 4,75 a milhões de trabalhadores brasileiros. Como o salário mínimo era de R$ 380, a Prefeitura pagou complementação de R$ 35.

Neste mês, o prefeito Roberto Sobrinho enviou projeto de lei propondo reajuste a todas as categorias profissionais. A Câmara de Vereadores aprovou, por unanimidade, uma nova tabela que, em princípio, aplicou um índice geral que elevou o mínimo da Prefeitura para R$ 418. Em cima disso, aplicou reajustes de 10% a 14%, o que propiciou significativo ganho real de salário bem acima da inflação.

No começo do ano, o governo estadual enviou proposta de reajuste à Assembléia Legislativa, propondo um tímido índice de 4%, que foi adicionado aos vencimentos em duas parcelas de 2%. Como a inflação ficou em 4,46%, os servidores do Estado acabaram amargando perda salarial.

Ontem, ao comentar o pagamento com a nova tabela salarial, o prefeito Roberto Sobrinho falou do esforço de sua administração em valorizar o servidor não apenas com treinamento, qualificação, central de atendimento, mas, sobretudo, oferecendo uma política salarial progressiva, que permite ao servidores obter ganhos reais em seus vencimentos.

Já com relação ao pagamento dentro do mês trabalhado, ele disse que não é nenhum esforço “fora do que sabemos ser a obrigação de qualquer administrador público responsável”.

Fonte: Ascom

Mais Sobre Política

Comissão de Saúde distribui projetos e convoca titular da Sesau para prestar esclarecimentos sobre inúmeros problemas

Comissão de Saúde distribui projetos e convoca titular da Sesau para prestar esclarecimentos sobre inúmeros problemas

Na manhã desta terça-feira (8), a Comissão de Saúde, Previdência e Assistência Social da Assembleia Legislativa, presidida pelo deputado Adailton Fu

CPI da Energisa define convocações e convites para ouvir denúncias contra empresa

CPI da Energisa define convocações e convites para ouvir denúncias contra empresa

Em reunião extraordinária nesta quinta-feira (3), a CPI criada pela Assembleia Legislativa de Rondônia para investigar abusos praticados pela Empres

Presidente Laerte Gomes sugere a doação de veículos do Governo para entidades filantrópicas

Presidente Laerte Gomes sugere a doação de veículos do Governo para entidades filantrópicas

O presidente da Assembleia Legislativa, Laerte Gomes (PSDB) indicou ao Governo do Estado, a agilização de medidas administrativas e operacionais par

Mariana Carvalho apresentará relatório sobre saúde em Assembleia Mundial

Mariana Carvalho apresentará relatório sobre saúde em Assembleia Mundial

Pela primeira vez uma deputada brasileira é escolhida para relatar a resolução da União Interparlamentar (UIP), um organismo que reúne parlamentares d