Porto Velho (RO) domingo, 20 de janeiro de 2019
×
Gente de Opinião

Política

SENADORA FÁTIMA CLEIDE REPUDIA ATAQUE CRIMINOSO NA UNB


Na manhã de hoje (30), a senadora Fátima Cleide (PT-RO) subiu ao Plenário do Senado Federal para se solidarizar com as vítimas do ato criminoso realizado na Universidade de Brasília (UnB), nesta quarta-feira (28), quando o apartamento de estudantes africanos foi incendiado, segundo a polícia, de forma criminosa.

Fátima repudiou a ação incendiária e criticou todas as formas de discriminação. "Nosso trabalho aqui no Senado também é no sentido de combater todo tipo de preconceito. E que essa cultura de violência contra os negros, homoafetivos, contra os índios e toda e qualquer minoria seja eliminada de nossa sociedade", clamou.  

Juntamente com os senadores Tião Viana (PT-AC) e Paulo Paim (PT-RS), a senadora Fátima Cleide pediu que os alunos e professores da UnB também se solidarizem com as vítimas e se manifestem numa passeata contra o ato de caráter racista. "A Universidade não pode ficar alheia a esse ato de extrema brutalidade", consternou.

Fonte: Henrique Cesar Teixeira

Mais Sobre Política

ASSEMBLEIA PODE PAVIMENTAR CAMINHO DE MARCOS ROGÉRIO AO GOVERNO EM 2022

ASSEMBLEIA PODE PAVIMENTAR CAMINHO DE MARCOS ROGÉRIO AO GOVERNO EM 2022

Pode começar já na eleição da mesa diretora da Assembleia a caminhada eleitoral do senador eleito Marcos Rogério ao governo do estado, na sucessão de

Rondônia: Deputado eleito percorrerá mais de 370 quilômetros de bicicleta para participar de sua posse

Rondônia: Deputado eleito percorrerá mais de 370 quilômetros de bicicleta para participar de sua posse

Disposto a promover projeto de interesse coletivo, deputado eleito Jhony Paixão lança desafio pessoal    O deputado estadual eleito Jhony Paixão (PR

Rondônia: Cursos da Escola do Legislativo reiniciam em fevereiro

Rondônia: Cursos da Escola do Legislativo reiniciam em fevereiro

Escola está de mudança para a nova sede, mais ampla e funcional que a atualA Escola do Legislativo deve iniciar o ano letivo na segunda quinzena de

QUANDO AS MULHERES ERAM OBEDIENTES

QUANDO AS MULHERES ERAM OBEDIENTES

No meio de tudo isto, verifico que a injustiça, geralmente, caminha à frente da justiça.