Porto Velho (RO) segunda-feira, 23 de setembro de 2019
×
Gente de Opinião

Política

Semana do Trânsito lembra importância do uso do cinto de segurança e cadeirinhas



A prefeitura de Porto Velho fez abertura oficialmente nesta sexta-feira, 17, da “Semana Nacional de Trânsito“ no município. A programação começará a ser desenvolvida neste sábado, 18 e se estenderá até o próximo dia 25 (sexta-feira), com a realização de atividades nas ruas, palestras, ações educativas, blitzs e outras iniciativas, como uma motosseata, envolvendo todos os órgãos do sistema de trânsito da capital. Participaram da solenidade de lançamento da campanha, a secretária municipal de Transporte e trânsito, Fernanda Moreira, representando o prefeito da capital, Roberto Sobrinho; o Conselheiro do Contran, Rone Evaldo Barbosa; o Coordenador de Trânsito da capital, Rogério Viana; o Superintendente da Polícia Rodoviária Federal, inspetor Nascimento Neto; o Subcomandante da Companhia de Trânsito da Polícia Militar, tenente Carlos Alberto e a vereadora Elis Regina (PC do B), representando a Câmara Municipal.

Este ano o uso obrigatório dos equipamentos de retenção nos veículos — a cadeirinha para crianças e o cinto de segurança para o condutor e os passageiros — será o assunto principal do evento que tem como tema “Cinto de Segurança e Cadeirinha”.

Para a secretária da Semtran, Fernanda Moreira, a campanha é importante porque possibilitará que os órgãos e entidades do Sistema Nacional de Trânsito promovam em Porto Velho, as ações de segurança a partir de um aspecto pontual. Será uma oportunidade para suscitar reflexões, incentivar discussões e criar atividades que explorem com profundidade a real importância e necessidade do uso do cinto de segurança e dos dispositivos de retenção adequados às condições das crianças, popularmente conhecidos como - bebê conforto, cadeirinha ou assento de elevação -. “Esse é um evento importante para que possamos reduzir os índices de acidentes de trânsitos com vítimas fatais e também àqueles que deixam lesões ou seqüelas. E durante toda a semana vamos fazer um trabalho educativo junto aos condutores, chamando a atenção para a direção defensiva, um cuidado primordial para que diminua esse índice”, disse a secretaria.

Com relação específica aos dispositivos de retenção para as crianças, a secretária lembrou que por lei, a não observação deste item gera penalidade ao infrator, no entanto, devido a falta do equipamento em Porto Velho, os agentes de trânsito da Semtran nas suas abordagens irão focar na conscientização dos motoristas. A secretária pediu também aos alunos da escola Orlando Freire, que participaram da solenidade, para que eles sejam os fiscais de seus próprios pais.

A sugestão foi reforçada pelo conselheiro do Contran, Rone Evaldo Barbosa, lembrando que ele como um técnico da área, foi chamado atenção pelo sobrinho de 03 anos, por cometer infração no trânsito. “Ele alertou dizendo que eu só poderia avançar quando o bonequinho do sinal estivesse verde. Por isso entendo que o envolvimento das crianças nessa campanha é fundamental para o seu sucesso. Crianças agindo como educadores, é um tapa na cara dos adultos”, frisou.

O encerramento da programação será marcado por um passeio de moto pela cidade, saindo da Máster Moto, na Av. Amazonas encerrando no Parque da Cidade, onde será proferida uma palestra específica para os motociclistas. O motivo se deve ao grande número desses condutores envolvidos nos acidentes de trânsito.

 

Números

De acordo com um levantamento feito em 2008, pela Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia (SBOT), no Brasil 88% dos ocupantes dos bancos dianteiros de veículos automotores utilizam o cinto de segurança, comportamento que reflete ações de educação e fiscalização de trânsito que mobilizaram os cidadãos de forma eficiente, pois o uso do cinto pelo condutor e pelo passageiro do banco dianteiro reduz em 50% o risco de morte em uma colisão de trânsito.

Por outro lado, o mesmo estudo indica que apenas 11% dos passageiros utilizam o cinto no banco traseiro. O risco de morte de um condutor utilizando o cinto de segurança, como resultado de um passageiro do banco traseiro sem cinto, é cinco vezes maior do que seria se esse passageiro estivesse retido pelo cinto.

Os acidentes de trânsito representam a principal causa de morte das crianças de 1 a 14 anos no Brasil. Em 2008 foram registradas 22.472 vítimas não fatais de acidentes de trânsito, com idade entre 0 e 12 anos de idade e 802 vítimas fatais, da mesma faixa etária (dados Denatran).

Dentre estes acidentes de trânsito, estão os que vitimam as crianças na condição de passageira de veículos. Neste caso é exatamente o uso do dispositivo de retenção — bebê conforto, cadeirinha ou assento de elevação, que pode diminuir drasticamente as chances de lesões graves – e de morte – no caso de uma colisão. A pesquisa também aponta que o uso do cinto de segurança não é a forma mais segura para transporte das crianças em veículos, pois foi desenvolvido para pessoas com no mínimo 1,45 de altura. Por este motivo é necessário o uso de um dispositivo de retenção adequado às condições da criança.

Fonte: Joel Elias
 

Mais Sobre Política

Lebrão pede a obrigatoriedade da presença de psicólogos em escolas públicas em Rondônia

Lebrão pede a obrigatoriedade da presença de psicólogos em escolas públicas em Rondônia

O deputado estadual Lebrão (MDB) apresentou, durante sessão ordinária, na Assembleia Legislativa de Rondônia, projeto de lei ordinária (PLO), que d

Presidente Laerte Gomes anuncia R$ 800 mil para construção de UBS durante visita ao frigorífico Rio Beef

Presidente Laerte Gomes anuncia R$ 800 mil para construção de UBS durante visita ao frigorífico Rio Beef

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Laerte Gomes (PSDB), visitou na manhã desta sexta-feira as instalações do frigorífico Rio Beef e an

Vereadora Cristiane Lopes cobra solução para os problemas do Transporte Coletivo

Vereadora Cristiane Lopes cobra solução para os problemas do Transporte Coletivo

Desde o início do seu mandato, a vereadora Cristiane Lopes (PP) tem cobrado uma solução definitiva para os problemas do Transporte Coletivo da Cap

Presidente Laerte Gomes e governador Marcos Rocha visitam obras do Anel Viário de Ji-Paraná

Presidente Laerte Gomes e governador Marcos Rocha visitam obras do Anel Viário de Ji-Paraná

O presidente da Assembleia Legislativa, Laerte Gomes (PSDB) e o governador Marcos Rocha (PSL) visitaram nesta quarta-feira (18) o canteiro de obras