Porto Velho (RO) quinta-feira, 28 de janeiro de 2021
×
Gente de Opinião

Política

RONDÔNIA: Dados demonstram confiança na gestão fiscal


A confiança dos empresários de Rondônia nas políticas econômica, tributária e de incentivos industriais administradas pelo Governo do Estado está espelhada em recentes indicadores apresentados pelo IBGE, relativos ao desempenho dos arranjos produtivos e dos sistemas de geração de bens de capital em grande escala que estão hoje em operação no Estado de Rondônia.

Quando comparados o primeiro semestre deste ano com o mesmo período de 2006, as exportações de Rondônia cresceram 44,11%. Chegaram a US$ 195,06 milhões, contra US$ 33,149 milhões de importações (35,37% a mais), o que fornece um saldo positivo de US$ 161,911 milhões, mais de 70% do resultado aferido ao longo de todo o ano passado. A título de comparação, o estado do Amazonas, mesmo alavancado pelas fabricantes de motocicletas e eletro-eletrônicos instaladas no pólo industrial da Zona Franca de Manaus, registrou um déficit de US$ 2,652 bilhões em sua balança comercial, com exportações 42,95% menores do que no primeiro semestre do ano passado.

Outro dado expressivo: o desempenho de Rondônia foi mais que duas vezes melhor que a média nacional (19,11% de crescimento) e também ultrapassou o índice de crescimento de todas as regiões brasileiras, em separado, tanto na exportação como na importação, item no qual Rondônia só foi superada, em termos percentuais, pela região Centro-Oeste, onde importou-se 49,27% a mais.

"Além dos recordes nas exportações, que chegaram a US$ 195,06 milhões apenas no primeiro semestre, outros dados revelam um movimento de inflexão em nossa balança comercial, demonstrado pelo crescimento das importações em ritmo similar ao das exportações", afirma o secretário de Estado da Agricultura, Produção e do Desenvolvimento Econômico e Social, Marco Antonio Petisco, que tem sob sua responsabilidade direta a gestão, entre outros, de diversos programas de atração de indústrias, de incentivo à produção agrícola familiar (ProMec, Semear), melhoramento da qualidade das terras (Solo Fértil) e a própria Sociedade de Portos e Hidrovias (SOPH), que deve ter este ano o melhor desempenho de sua história em relação a embarque e desembarque de cargas.

Ao comentar o estudo feito pelas equipes técnicas da SEAPES sobre a excelência destes indicadores, o Chefe do Executivo estadual afirmou que "os recentes desencontros em relação à aplicação da lei tributária em âmbito nacional não ofuscam o brilho deste desempenho, que deve ser creditado à garra de nossos empreendedores e à confiança no acerto de rumos das políticas econômica, administrativa e fiscal do Estado de Rondônia".

Fonte: Decom

Mais Sobre Política

Alex Redano será empossado presidente da Assembleia Legislativa

Alex Redano será empossado presidente da Assembleia Legislativa

Durante sessão on line, marcada para a próxima segunda-feira (01), às 10hs, o deputado Alex Redano (Republicanos), será empossado presidente da As

Deputado Adelino Follador denuncia abuso no transporte do interior à capital

Deputado Adelino Follador denuncia abuso no transporte do interior à capital

O deputado Adelino Follador (DEM) declarou, na sexta-feira (22), que concorda com as medidas governamentais de enfrentamento e combate à disseminaçã

Presidente Laerte Gomes cria Fundo Especial do Poder Legislativo de Complementação ao Fundo Financeiro do Iperon

Presidente Laerte Gomes cria Fundo Especial do Poder Legislativo de Complementação ao Fundo Financeiro do Iperon

Comandada pelo presidente da Assembleia Legislativa de Rondônia, Laerte Gomes (PSDB) as duas sessões extraordinárias realizadas na manhã desta segun

Ismael Crispin apoia verba indenizatória para profissionais que atuam no tratamento da Covid-19

Ismael Crispin apoia verba indenizatória para profissionais que atuam no tratamento da Covid-19

Nesta segunda-feira (18), em sessão extraordinária na Assembleia Legislativa, o deputado Ismael Crispin (PSB) votou favorável ao projeto de autoria do