Porto Velho (RO) quinta-feira, 17 de janeiro de 2019
×
Gente de Opinião

Política

Ribeirinhos do Madeira levam seu repaldo ao MPF nessa quinta-feira


Na manhã da próxima quinta-feira, dia 05 de abril, representantes das comunidades ribeirinhas levarão ao Ministério Público Federal de Rondônia seu respaldo à Ação Civil Pública que embarga o Projeto das Usinas do Madeira.

Uma comissão de ribeirinhos das comunidades de Santo Antonio, Teotônio, Sacaca, Porto Seguro, Cachoeira dos Macacos, Boca do Jatuarana, Maravilha, São Carlos e Brasileira,  vai entregar um conjunto de declarações que atestam a ausência de consultas adequadas da parte de Furnas em suas respectivas localidades. Para Wesley Lopes, da coordenação do MAB-RO, membro do Fórum Independente Popular, a falta de consulta aos ribeirinhos e indígenas revela a insensibilidade social dos empreendedores, "que leva a repetir os mesmos erros que ocorreram na construção da Usina de Samuel ". 

As populações ribeirinhas do alto e do baixo Madeira reclamam reconhecimento da posse da terras, ocupadas por eles há décadas. Furnas, responsável pelos estudos de impacto, até agora não mapeou  e cadastrou as famílias ameaçadas, o que costuma ser pré-requisito em qualquer início de conversação em casos como esse.

A empresa também não teria se proposto a definir de forma conjunta os critérios de indenização e realocação. " É muito contraditório ou muito sintomático, que um projeto que se apresenta como gerador de emprego e renda, tenha como ponto de partida a destruição do modo de vida e da cultura de milhares de pessoas ao lado do Madeira", avalia o professor da UNIR, Luis Novoa, também membro do Fórum.

No dia 5 de abril, os manifestantes se concentrarão pela manhã na Praça Aluísio Ferreira, em Porto Velho, para seguirem em caminhada até o MPF, na Avenida Abunã, em Porto Velho.

Fonte: FIPM – Fórum Independente Popular do Madeira

Mais Sobre Política

Rondônia: Cursos da Escola do Legislativo reiniciam em fevereiro

Rondônia: Cursos da Escola do Legislativo reiniciam em fevereiro

Escola está de mudança para a nova sede, mais ampla e funcional que a atualA Escola do Legislativo deve iniciar o ano letivo na segunda quinzena de

QUANDO AS MULHERES ERAM OBEDIENTES

QUANDO AS MULHERES ERAM OBEDIENTES

No meio de tudo isto, verifico que a injustiça, geralmente, caminha à frente da justiça.

Rondônia continua em destaque no CFA

Rondônia continua em destaque no CFA

Rondônia continua fortalecido no âmbito da administração em Brasília. Mesmo com a mudança na presidência, o Estado continua representado na estrutur

Governo de Rondônia divulga calendário com feriados e ponto facultativo de 2019; Confira as datas em que não haverá expediente

Governo de Rondônia divulga calendário com feriados e ponto facultativo de 2019; Confira as datas em que não haverá expediente

O governador Coronel Marcos Rocha, por meio do decreto nº 23.522 de 14 de  janeiro de 2019, estabelece o calendário de datas em que não haverá expedie