Porto Velho (RO) sexta-feira, 20 de setembro de 2019
×
Gente de Opinião

Política

Raupp pede aos eleitores que não aceitem as provocações dos adversários


 
“Não vamos aceitar as provocações como as que nos estão chegando por esses dias na forma de baixarias. Concordamos, eu e o nosso candidato ao governo Confúcio Moura, que isso já é sinal de desespero”, disse o senador e candidato à reeleição da coligação “Aliança por uma Rondônia melhor para todos” (PMDB, PDT, PCdoB, DEM e PRTB) Valdir Raupp (PMDB), nesta segunda-feira (27), ao ser entrevistado pelo radialista Edson dos Anjos no programa “Voz de Rondônia”, da rádio Caiari AM, em Porto Velho.

De acordo com o senador Valdir Raupp, todos os indicadores da campanha eleitoral - sejam as pesquisas que estão sendo publicadas ou por intermédio de outras sinalizações do eleitorado, como as crescentes manifestações de apoio que estão sendo percebidas nos comícios, nas carreatas e nas caminhadas – estão mostrando claramente um crescimento contínuo do nome e das propostas de Confúcio Moura. “Esse fato também está sendo percebido, é claro, pelos nossos adversários e por isso eles estão ficando furiosos e agressivos – daí as baixarias”, explicou o vice-presidente nacional do PMDB na entrevista.

“Mas vão continuar latindo para a lua, porque cada vez mais vamos permanecer concentrados nas atividades de campanha, rumo à vitória neste próximo domingo, já dá para garantir”, acentuou o senador Valdir Raupp dizendo preferir encerrar esse assunto.

AÇÕES RECENTES

Ao ser indagado sobre suas realizações recentes, o senador Valdir Raupp informou que, além de o Governo Federal já ter instalado o campus do Instituto Federal em Cacoal, em atendimento ao projeto nº 408/2007, de sua autoria que criou a unidade de ensino na cidade, ele também apresentou projetos no Senado criando escolas técnicas para as cidades de Buritis, Rolim de Moura, São Miguel do Guaporé, Ariquemes e Vilhena.

Sobre o futuro do Estado, Valdir Raupp disse ter certeza de que, com energia barata e farta das usinas do rio Madeira e outras de menor porte, Rondônia poderá se transformar em um centro industrial capaz de atender a Região Norte e países vizinhos. Observou que a energia elétrica das usinas de Jirau e Santo Antônio deverá ser vendida em Porto Velho com um preço 20% menor, comparando-se com a mesma eletricidade ofertada no Centro-Sul.

Para ele, a recuperação da BR-364, que liga Rondônia ao resto do país, dará um novo impulso ao estado. Observou que Porto Velho fica em um entroncamento, com várias saídas rodoviárias para a Bolívia, o Chile, a Venezuela, além dos estados vizinhos da região Norte e Centro-Oeste.

PROJETO DAS ZPE’s

Por isso, conforme explicou, acredita ainda que serão fundamentais as quatro Zonas de Processamento de Exportações (ZPEs) que poderão ser implantadas no Estado - projeto de sua autoria. Elas se localizarão em Porto Velho, Ji-Paraná, Vilhena e Guajará Mirim.

O senador voltou a reivindicar da Petrobras a construção do gasoduto Urucu-Porto Velho. Em sua opinião, o gás de Urucu propiciará a instalação de várias indústrias em Rondônia.

As ZPEs, de acordo com o senador Valdir Raupp, são distritos industriais incentivados, onde as empresas neles localizadas operam com suspensão de impostos, liberdade cambial (não são obrigadas a converter em reais as divisas obtidas nas exportações) e procedimentos administrativos simplificados - com a condição de destinarem pelo menos 80% de sua produção ao mercado externo.

“É preciso não esquecer que, depois de enfrentar uma crise global que também abalou a economia do país, quase que milagrosamente o Brasil deverá crescer este ano algo em torno de 7% e que, entre todos, Rondônia é o Estado que mais cresce, não apenas pela construção das usinas do rio Madeira, mas, sobretudo pela criatividade dos seus empresários e a consolidação de projetos estimulados pela classe produtora como as rodovias do Pacífico, a que liga Porto Velho a Manaus, as pontes da Balsa, do Abunã e de Guajará Mirim (binacional), sem esquecer o projeto do gasoduto, do qual não vou descansar enquanto não torná-lo realidade”, disse Valdir Raupp ao final da entrevista.


Fonte: Ascom
 

Mais Sobre Política

Presidente Laerte Gomes e governador Marcos Rocha visitam obras do Anel Viário de Ji-Paraná

Presidente Laerte Gomes e governador Marcos Rocha visitam obras do Anel Viário de Ji-Paraná

O presidente da Assembleia Legislativa, Laerte Gomes (PSDB) e o governador Marcos Rocha (PSL) visitaram nesta quarta-feira (18) o canteiro de obras

Deputado Cirone Deiró disse que abertura de CPI para fiscalizar Energisa responde clamor da sociedade

Deputado Cirone Deiró disse que abertura de CPI para fiscalizar Energisa responde clamor da sociedade

“A Energisa submeteu os rondonienses a uma crise energética sem precedentes. Os prejuízos estão sendo contabilizados em todos os segmentos da econom

Deputado Ismael Crispin visita escolas e convida alunos para participar dos concursos de redação e da escolha da Bandeira da Assembleia Legislativa

Deputado Ismael Crispin visita escolas e convida alunos para participar dos concursos de redação e da escolha da Bandeira da Assembleia Legislativa

Com o principal objetivo de divulgar e convidar a comunidade estudantil a participar do concurso de Redação da Assembleia Legislativa e da escolha d

ENERGISA: Projeto cria o Aviso-Prévio de 60 dias e dobra o valor da multa para a empresa

ENERGISA: Projeto cria o Aviso-Prévio de 60 dias e dobra o valor da multa para a empresa

Foi apresentado na Assembleia Legislativa do Estado de Rondônia (17/09) um projeto de lei, idealizado pelo Servidor do TJ/RO, Brunno Oliveira, que ser