Porto Velho (RO) quinta-feira, 15 de abril de 2021
×
Gente de Opinião

Política

Rádio Caiari: Gov. federal já investiu mais R$ 50 milhões na capital


Em entrevista concedida a Rádio Caiari, o prefeito Roberto Sobrinho revelou que a prefeitura da capital recebeu R$ 50 milhões do governo federal e apenas R$ 3 milhões do governo estadual para tocar dezenas de obras e projetos, alguns já concluídos ou em andamento. Sobrinho destacou o apoio que recebeu da bancada federal através dos senadores Valdir Raupp, Amir Lando e Fátima Cleide, e dos deputados federais Eduardo Valverde, Anselmo de Jesus e Marinha Raupp.
 
Indagado sobre críticas do governador à prefeitura, Roberto disse: “não tenho tempo para brigar com o governador. Se ele pensa que vai arranjar um pretexto para não ajudar o município brigando com o prefeito, vai dar com os burros n’água. Respeito o governador como autoridade, mas não serei subserviente, e espero que ele apóie o município para que possamos fazer mais do que estamos realizando em obras e projetos”. Ao parabenizar os candidatos eleitos, inclusive o governador reeleito, o prefeito citou que na Capital 60% da população não votou em Cassol o que demonstra claramente a insatisfação da população com o tipo de tratamento dispensado pelo governo ao município.
 
Com um volume de obras como nunca se viu na Capital, nas áreas de habitação, iluminação, asfaltamento, conclusão da maternidade, reforma de policlínicas, praças, Terminal Pesqueiro, o projeto “Leva Eu”, ProJovem, Agente Jovem, Juventude Cidadã, Bolsa Família, Programa de Erradicação do Trabalho Infantil além de limpeza nos canais, reforma e ampliação de escolas, entre outros, o prefeito disse que muita coisa ainda tem que ser feita, e enfatizou a necessidade de Porto Velho receber ajuda financeira mais substancial do Estado, considerando  as demandas reprimidas da população. “As obras estão aí, as equipes estão nas ruas e vamos continuar trabalhando, para isso fomos eleitos e assim estamos fazendo. É hora de o governador destinar mais recursos para a capital”, enfatizou o prefeito.  
 
Roberto aproveitou a oportunidade para falar sobre a construção das hidrelétricas do Madeira e informou que a prefeitura, através de parceria com o Ministério do Trabalho, está realizando cursos de qualificação profissional com vistas a absorção da mão-de-obra local pelas várias frentes de trabalho que serão abertas, em torno de 26 mil vagas de emprego. Outra ação da prefeitura é um estudo que está sendo feito para identificar quais as oportunidades de negócios serão criadas. “Com isso teremos mais segurança para orientar àqueles que desejarem investir, como também buscar linhas de financiamentos”, disse o prefeito.
 
Com a construção das hidrelétricas, ocorrerá um crescimento em todas as áreas, e neste sentido, a prefeitura  tenta um financiamento junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) para investir em infra-estrutura, asfalto, saneamento e habitação. “Precisamos preparar a cidade para o crescimento”, destacou Roberto.  

Mais Sobre Política

Reunidos em comissão geral, deputados aprovam o nome de Paulo Renato Haddad para presidência da Fapero

Reunidos em comissão geral, deputados aprovam o nome de Paulo Renato Haddad para presidência da Fapero

Em comissão geral realizada no Plenário das Deliberações na noite de terça-feira (13), os deputados aprovaram em votação nominal o nome de Paulo Ren

Deputados estaduais se reúnem com o governador Marcos Rocha, que anuncia o programa Tchau Poeira

Deputados estaduais se reúnem com o governador Marcos Rocha, que anuncia o programa Tchau Poeira

O presidente da Assembleia Legislativa, Alex Redano (Republicanos), e os deputados estaduais, se reuniram na tarde desta terça-feira (13) com o gov

Presidente da ASSEJUS viabiliza recursos na ALE/RO para atender os servidores

Presidente da ASSEJUS viabiliza recursos na ALE/RO para atender os servidores

O Presidente da Assejus (Associação dos Servidores da Justiça no Estado de Rondônia), Brunno Oliveira, participou de uma reunião nesta terça-feira (

A hipocrisia de Marcos Rogério ajudou a enterrar a Lava Toga, e agora quer uma PEC para colocar freios no judiciário

A hipocrisia de Marcos Rogério ajudou a enterrar a Lava Toga, e agora quer uma PEC para colocar freios no judiciário

O senador por Rondônia Marcos Rogério (DEM), que ajudou a afundar a CPI da Lava Toga no Senado em novembro de 2019, agora tenta ser o pai de uma PEC