Porto Velho (RO) terça-feira, 26 de janeiro de 2021
×
Gente de Opinião

Política

Psicóloga faz alerta sobre a violência contra a mulher


Dados estatísticos comprovam que entre 20 e 25 por cento das mulheres
sofrem, durante a vida, pelo menos um tipo de agressão física infligida
pelo parceiro. O alerta é da psicóloga Betânia Cristina. Segundo ela,
anualmente, entre 3 e 4 milhões de mulheres são agredidas em suas casas
por pessoas de sua convivência íntima e que a cada 15 segundos uma mulher
é agredida no Brasil e um terço das internações em unidades de urgência no
Brasil é conseqüência da violência doméstica, sendo que a cada cinco
faltas de mulheres ao trabalho uma é causada pela violência doméstica.

"Não se pode esquecer que, além desses já informados, outros grandes
desafios permanecem na pauta do feminismo, e que pelo menos dois deles são
consideravelmente importantes de serem reavivados", acentuou.
Betânia Cristina destacou a garantia de acesso ao poder político. Segundo
ela, apesar da conquista das cotas proporcionais, as mulheres ainda são
minoria na direção política do Brasil. A psicóloga observa que mesmo em um
país democrático, as mulheres ainda não tiveram a oportunidade de mostrar
que são capazes de governar uma cidade, um estado, e o país. Outro
desafio, na opinião de Betânia Cristina, diz respeito ao crescimento do
pensamento religioso conservador, tendo grande influência nos diferentes
espaços da sociedade, reforçando discursos e práticas de controle do poder
religioso. "Essa forma reacionária de pensar tem dominado, nas últimas
décadas, grande parte, se não a maioria das religiões", salientou.
Esse fato, conforme entendimento da psicóloga, tem significado retrocesso
significativo, especialmente no campo da moral sexual, ameaçando
conquistas fundamentais na área da saúde e da efetivação dos direitos à
cidadania das mulheres. "Poderíamos perguntar sobre as áreas do saber que
incorporam o pensamento construído pelas teorias feministas. Até porque
essa área do saber acadêmico já forma uma biblioteca inteira e não se
restringe apenas às mulheres", disse. Para Betânia Cristina, assegurar que
os direitos sejam garantidos a ambos os sexos ainda representa um grande
desafio, assim como assegurar que os direitos específicos sejam tratados
com igual seriedade que os direitos humanos em geral e pressionar pela
criação de novos instrumentos para a garantia dos direitos ainda não
cobertos por convenção.
Conforme avaliação da psicóloga, os estereótipos de gênero cultivados por
uma sociedade levam às desigualdades nas relações de poder entre homens e
mulheres e essas desigualdades constituem um terreno fértil para o
surgimento da violência.

"A cada instante constatamos a presença explícita ou subreptícia. Talvez
seja esse nosso desafio maior: Tornar-nos seres humanos 'à part entière',
com dignidade própria e não devida à nossa capacidade de gerar novos seres
humanos", pondera. Betânia destaca que a única maneira de se pensar as
mulheres como seres éticos, capazes de decisão moral, e cidadãs de pleno
direito, é também tratando o processo reprodutivo como algo de caráter
totalmente humano, retirando do âmbito exclusivamente biológico.
"Maternidade humana (desejada, planejada), e não simplesmente, a
maternidade como imposição ou acidente biológico", complementa.

Fonte: Chagas Pereira


Mais Sobre Política

Deputado Adelino Follador denuncia abuso no transporte do interior à capital

Deputado Adelino Follador denuncia abuso no transporte do interior à capital

O deputado Adelino Follador (DEM) declarou, na sexta-feira (22), que concorda com as medidas governamentais de enfrentamento e combate à disseminaçã

Presidente Laerte Gomes cria Fundo Especial do Poder Legislativo de Complementação ao Fundo Financeiro do Iperon

Presidente Laerte Gomes cria Fundo Especial do Poder Legislativo de Complementação ao Fundo Financeiro do Iperon

Comandada pelo presidente da Assembleia Legislativa de Rondônia, Laerte Gomes (PSDB) as duas sessões extraordinárias realizadas na manhã desta segun

Ismael Crispin apoia verba indenizatória para profissionais que atuam no tratamento da Covid-19

Ismael Crispin apoia verba indenizatória para profissionais que atuam no tratamento da Covid-19

Nesta segunda-feira (18), em sessão extraordinária na Assembleia Legislativa, o deputado Ismael Crispin (PSB) votou favorável ao projeto de autoria do

Sancionada lei do deputado Alex Silva que inclui o evento “Marcha para Jesus” no calendário cultural oficial do estado de Rondônia

Sancionada lei do deputado Alex Silva que inclui o evento “Marcha para Jesus” no calendário cultural oficial do estado de Rondônia

Na última terça-feira (12) foi sancionada pelo Governo de Rondônia e publicada no Diário Oficial, a Lei Nº 4.939, de autoria do Deputado Estadual Al