Porto Velho (RO) quinta-feira, 17 de junho de 2021
×
Gente de Opinião

Política

Projeto dos taxistas causa troca de “ameaças” entre vereadores


Os vereadores Ramiro Negreiros (PMDB) e Ted Wilson (PFL) quase partiram para agressão física na terça-feira passada (03/04), durante "acalorada" troca de acusações no plenário da Câmara Municipal de Porto      Velho. A troca de ameaças começou quando Ramiro questionou Ted sobre "quem são os parentes de um vereador que possuem mais de 45 concessões ou permissões de táxis em Porto Velho". Relator de um anteprojeto que poderá estabelecer novas regras para a exploração dos serviços de táxis  e  também poderá extinguir os lucros dos rentistas ou dos que alugam táxis ou placas aos "virações", Ted reagiu no mesmo tom e disse uma verdade: em nenhum momento disse que irmãos ou familiares de Negreiros possuem dezenas de táxis.

Uma fonte lotada no gabinete do presidente da Casa, Hermínio Coelho (PT), disse que os dois vereadores chegaram "quase as vias de fato. Um dos vereadores viu que um colega portava uma arma de grosso calibre, talvez numa tentativa de intimidar os autores das denúncias sobre as negociatas e festival de concessões ou permissões de táxis feitas durante  a gestão de alguns ex-prefeitos de Porto Velho". Um vereador confirmou a "exaltação" de Negreiros. "Ele gritava. Chegou a pronunciar palavras impublicáveis e questionava o nome do "bandido" que passou as informações publicadas em alguns jornais eletrônicos". "Eu acho que eu e minha família estamos sendo vítimas de difamações ou tentativas de extorsão ou achaques praticados por jornalistas ou por donos antigos jornais falidos, o que não é nenhuma novidade em Rondônia,", teria gritado Negreiros. Outro vereador reafirmou: "Entre nós tem um vereador que a família possui dezenas de táxis circulando em Porto Velho".

Fonte: Abelardo Jorge 

Mais Sobre Política

Presidente Alex Redano participa de encontro do setor de eventos com o chefe da Casa Civil do Governo

Presidente Alex Redano participa de encontro do setor de eventos com o chefe da Casa Civil do Governo

Um dos setores mais afetados com a pandemia do coronavírus é o setor de eventos e entretenimento. Há mais de um ano parado, o segmento enfrenta inúm

Cacoal: durante assembleia dos servidores da Câmara de Vereadores, presidente concede recomposição salarial de 8.36%

Cacoal: durante assembleia dos servidores da Câmara de Vereadores, presidente concede recomposição salarial de 8.36%

O presidente da Câmara, João Paulo Pichek (Republicanos), disse que desde abril estava dialogando com o Sindicato dos servidores públicos de Cacoal