Porto Velho (RO) quarta-feira, 23 de janeiro de 2019
×
Gente de Opinião

Política

Primeiras turmas do ProJovem concluem atividades


Uma solenidade hoje, 20, às 20h, no espaço Osem do colégio Santa Marcelina, marca o encerramento das atividades das duas primeiras turmas do Programa Nacional de Inclusão de Jovens (ProJovem) em Porto Velho. Entre os alunos da primeira entrada, que ingressaram no dia 18 de julho de 2005, e da segunda entrada, no dia 12 de dezembro do mesmo ano, cerca de 1.290 alunos se formam hoje.

De acordo com o coordenador de ação comunitária do programa em Porto Velho, Francisco Modesto da Costa, o evento não se trata de uma solenidade de formatura dos alunos, já que os jovens da segunda entrada ainda não fizeram o Exame Final Nacional Externo, que é aplicado pelo Ministério da Educação e Cultura (MEC) para avaliar o aproveitamento dos alunos no programa. “Eles farão a prova amanhã. Além disso, ainda tem o caso dos alunos da primeira entrada que, ou não fizeram a avaliação ou tiraram notas insatisfatórias e terão uma segunda chance em janeiro”, esclarece Modesto.
Quanto à programação do evento, o coordenador informa que terá estilo de confraternização. Alguns alunos estão preparando apresentações artísticas e exposições dos trabalhos que realizaram durante o programa. “Será um momento para eles mostrarem o que sabem fazer”, frisa Modesto.

O PROGRAMA

O ProJovem é um programa do governo federal, implantado em Porto Velho em parceria com a prefeitura, através das secretarias municipais de Educação (Semed), Ação Social (Semas) e de Desenvolvimento Sócio-Econômico (Semdes), que visa oferecer aceleração escolar e qualificação profissional para jovens de 18 a 24 anos. Para ser atendido, o estudante deve ter concluído o 5º ano, mas ainda não ter terminado o Ensino Fundamental; não ser beneficiário de outros programas do governo federal e não estar com a carteira de trabalho assinada.

Além de poderem concluir o Ensino Fundamental e obterem formação profissional, os jovens participam de ações comunitárias e recebem uma bolsa mensal de R$ 100, para auxiliar nas despesas com os estudos, durante o período em que permanecem no programa. Ao todo, 2.415 jovens estão sendo beneficiados em Porto Velho.

Mais Sobre Política

Deputados derrubam Veto a Projeto que cria o Instituto de Terras de Rondônia

Deputados derrubam Veto a Projeto que cria o Instituto de Terras de Rondônia

Autor da proposta, deputado Maurão de Carvalho, afirma que o projeto é autorizativo, não havendo necessidade de vetoEm Sessão Extraordinária na tar

Assembleia Legislativa Inaugura a nova sede

Assembleia Legislativa Inaugura a nova sede

Solenidade ocorreu na manhã desta terça-feira e contou com a presença de dezenas de convidados para o ato históricoO novo prédio que abrigará o Pod

Rondônia: Ideias com soluções tecnológicas é prioridade para Superintendência do Estado para Resultados

Rondônia: Ideias com soluções tecnológicas é prioridade para Superintendência do Estado para Resultados

“A superintendência deve identificar a necessidade de tecnologia na área de infraestrutura e sistemas de cada secretaria e trabalhar de forma colabo

O LEGADO DE MAURÃO DE CARVALHO

O LEGADO DE MAURÃO DE CARVALHO

          A 10 dias da sua despedida à frente do comando da Assembleia legislativa, o deputado Maurão entrega a nova sede do Poder Legislativo de Ro