Porto Velho (RO) segunda-feira, 21 de junho de 2021
×
Gente de Opinião

Política

PRESOS NA OPERAÇÃO DOMINÓ DEPÕEM NESTA TERÇA


Cristiane Jungblut e Eliane Oliveira - Agência O Globo RIO E BRASÍLIA - Nove dos 23 presos na Operação Dominó começam nesta terça-feira a prestar depoimento no Superior Tribunal de Justiça (STJ), em Brasília. Segundo o superintendente da Polícia Federal em Rondônia, Joaquim Mesquita, foram colhidas gravações que mostram como agia a quadrilha, que desviou R$ 70 milhões dos cofres públicos do estado. A investigação mostra que o esquema de corrupção se espalhou por todos os poderes. Gravações feitas com autorização da Justiça comprovaram a troca de favores entre as principais autoridades do estado. - Para não serem presos pela polícia, eles tentaram cooptar membros do Tribunal de Justiça, do Ministério Público e do Tribunal de Contas - disse Mesquita. No domingo, o Supremo Tribunal Federal (STF) negou hábeas-corpus para o ex-procurador geral e para os presidentes do Tribunal de Justiça e da Assembléia Legislativa do estado. Os trechos fazem parte de processos que tramitam no STJ em Brasília e no Tribunal de Justiça de Rondônia. As conversas mostram a negociação do presidente da Assembléia, Carlão de Oliveira, com o ex-procurador geral José Carlos Vitachi, para a libertação de três funcionários da casa, presos por desvio de dinheiro público. A lista dos envolvidos no esquema de corrupção está crescendo e pode incluir, de acordo com a Polícia Federal, o próprio governador do estado, Ivo Cassol (PPS). O gigantesco esquema de corrupção em Rondônia deixou irritado o senador Amir Lando (PMDB-RO). Ele defendeu uma intervenção federal no estado. - Os poderes Legislativo, Judiciário e Executivo foram abalados terrivelmente. Para se restabelecer a ordem, caberia uma intervenção federal - comentou o senador. Apesar da cobrança de Lando, os ministros da Justiça, Márcio Thomaz Bastos, e das Relações Institucionais, Tarso Genro, descartaram, ao menos por enquanto, uma intervenção federal no estado.

Mais Sobre Política

Presidente Alex Redano acompanha trabalho do Governo para a retomada das cirurgias eletivas

Presidente Alex Redano acompanha trabalho do Governo para a retomada das cirurgias eletivas

O presidente da Assembleia Legislativa, Alex Redano (Republicanos), comemorou a retomada das cirurgias eletivas de menor risco, após o Governo acata

Presidente Alex Redano participa de encontro do setor de eventos com o chefe da Casa Civil do Governo

Presidente Alex Redano participa de encontro do setor de eventos com o chefe da Casa Civil do Governo

Um dos setores mais afetados com a pandemia do coronavírus é o setor de eventos e entretenimento. Há mais de um ano parado, o segmento enfrenta inúm

Cacoal: durante assembleia dos servidores da Câmara de Vereadores, presidente concede recomposição salarial de 8.36%

Cacoal: durante assembleia dos servidores da Câmara de Vereadores, presidente concede recomposição salarial de 8.36%

O presidente da Câmara, João Paulo Pichek (Republicanos), disse que desde abril estava dialogando com o Sindicato dos servidores públicos de Cacoal