Porto Velho (RO) domingo, 20 de outubro de 2019
×
Gente de Opinião

Política

Presidente do TRE Cássio Sbarzi é favorável a proposta de eleição limpa


 
10ª Conferência dos Advogados

Defesa do estado de direito e prerrogativas
profissionais marcam primeiros debates

Com o auditório Agenor Martins de Carvalho lotado e discursos em defesa das prerrogativas constitucionais e do estado democrático de direito foi aberta quinta-feira, 26, à noite, na sede da Seccional da OAB Rondônia, a “10ª Conferências Estadual dos Advogados” sobre o tema “Advocacia, Dignidade da Pessoa Humana e Meio Ambiente”.Presidente do TRE Cássio Sbarzi é favorável a proposta de eleição limpa - Gente de Opinião

O ex-presidente da entidade, Arquilau de Paula, lembrou que o próprio tema da conferência traduz o real significado do estado de direito previsto na Constituição Cidadã, de 1988, que completará 20 anos, em 5 de outubro, e indispensável às garantias e direitos individuais. Arquilau defende, no entanto, o aprimoramento do conceito do estado de direito em vigor, pois essa conquista deixa de existir, na medida em que se constatam a existência de sem-terra, sem-teto, desempregados e crianças fora de sala de aula.

“Em uma sociedade livre e democrática não se permite, por exemplo, que o presidente da república tenha que negociar com os congressistas a aprovação de projetos”. Às vezes, segundo ele, como a própria mídia tem registrado, tem de participar de verdadeiras negociatas com parlamentares para aprovar propostas da União.

Os fatos abrem, na sua concepção do constitucionalista, um precedente perigoso e que coloca em risco a segurança dos cidadãos e até do próprio Judiciário. Depois de citar o jurista Carvalho Neto, coordenador dos cursos de graduação e pós-graduação da Universidade de Brasília (UNB), Carvalho Neto, Arquilau disse que já se questiona atualmente até a independência do Judiciário, sob o argumento do que andam chamando de “ditadura dos juízes”.


Presidente do TRE Cássio Sbarzi é favorável a proposta de eleição limpa - Gente de OpiniãoEleições limpa

Em seguida, o presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), desembargador Cássio Rodolfo Sbarzi Guedes, anunciou pra esta sexta-feira, 27, uma reunião com todos os juízes eleitorais para discutir as orientações do Colégio de Presidentes dos TREs, que, reunidos em Natal (RN), aprovaram a proposta de informar à Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) os nomes dos candidatos que respondem a processos na Justiça Eleitoral.

O desembargador admite que a sociedade não agüenta mais tanta falta de ética e a assistir a denúncias de compra de votos. Mas sabe que o assunto é polêmico e deve ser analisado com muita cautela pelos juízes eleitorais, uma vez que como presidente da instituição não pretende interferir nas decisões dos juízes.

Por infidelidade partidária o TRE já cassou os mandatos de cerca de 25 vereadores e tramitam na instituição outras 40 ações. O desembargador é favorável à chamada proposta de eleição limpa, mas recomenda critério pelo fato do povo brasileiro não agüentar mais a formar de fazer política de muitos.


Presidente do TRE Cássio Sbarzi é favorável a proposta de eleição limpa - Gente de Opinião
Orestes Muniz condena estado policial

O conselheiro federal da OAB, Orestes Muniz Filho, citou Rui Barbosa para defender o combate à violação das prerrogativas profissionais da classe e fez um apelo para que os advogados não se calem, mesmo diante das ações de um “estado policialesco” como vem agindo o poder no Brasil.

O presidente da Seccional, Hélio Vieira, anunciou o lançamento da campanha “Voto não tem preço, tem conseqüência”, no próximo mês de julho, como uma das contribuições de política pública da entidade ao processo de eleições limpas, a partir deste ano. De acordo com Vieira, o instinto do advogado é proteger a sociedade contra a violação de seus direitos.


Democracia

O ministro aposentado do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Francisco Peçanha Martins, disse não conhecer profissão mais digna do que a advocacia, quando é exercida com dignidade.

Segundo Martins, é possível exercer com dignidade até mesmo a política para defender o ideal da felicidade. Ele acredita que para a busca desse ideal, seja também necessária a busca da igualdade entre os homens, pois “em nenhum lugar desse planeta terra, não puderam ser concretizados esses dois ideais sem o sacrifício de muitos”.Presidente do TRE Cássio Sbarzi é favorável a proposta de eleição limpa - Gente de Opinião

O ministro explicou que a democracia é a melhor forma de governo, uma vez que contribuem para a valoração das conquistas públicas, e que se pudesse dar um conselho aos mais jovens, recomendaria que não se esqueçam da política, porque é através dela (política) que o cidadão serve à sociedade.

O ex-presidente nacional da OAB, Roberto Antônio Busato, encerrou o primeiro painel da Conferência na primeira noite, ressaltando os vieses público e privado do exercício da advocacia. Segundo Busato, que é o presidente da Comissão de Direito Internacional da OAB nacional, a ética possui como característica a credibilidade. “Não há ordenamento jurídico sem ética”, disse.

Mais Sobre Política

Ministério Público realiza reunião sobre os bairros Conceição e Flamboyant após intervenção de Cristiane Lopes

Ministério Público realiza reunião sobre os bairros Conceição e Flamboyant após intervenção de Cristiane Lopes

Após a vereadora Cristiane Lopes (PP) ir até o Ministério Público Estadual (MP/RO), para relatar os problemas das obras de pavimentação dos bairros Fl

Mariana Carvalho apresenta declaração sobre cobertura universal de saúde em assembleia da União Interparlamentar

Mariana Carvalho apresenta declaração sobre cobertura universal de saúde em assembleia da União Interparlamentar

Mais de 1700 parlamentares e parceiros da ONU e da sociedade civil de todo o mundo estão reunidos em Belgrado, na Sérvia, onde acontece a 141ª Assembl

Erro na tabela de vencimentos dos professores volta a ser discutido na Comissão de Educação

Erro na tabela de vencimentos dos professores volta a ser discutido na Comissão de Educação

A Comissão de Educação e Cultura (CEC), da Assembleia Legislativa, se reuniu na manhã desta quarta-feira (16), para deliberar projetos e voltou a di

Liderança na produção do cacau depende da vontade política, aponta debate

Liderança na produção do cacau depende da vontade política, aponta debate

A volta do protagonismo brasileiro na produção de cacau depende de mais investimentos em pesquisa e de ações como o fortalecimento da Comissão Executi