Porto Velho (RO) quarta-feira, 16 de janeiro de 2019
×
Gente de Opinião

Política

Presidente da OAB alerta sobre comportamento ético


"A sociedade deve ser construída com base em princípios éticos e morais, até porque atualmente sofremos as conseqüências de nossa omissão no processo político, de Rondônia e do Brasil, principalmente porque não exercemos nossa cidadania". A observação foi feita pelo presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional de Rondônia, Orestes Muniz, durante palestra, sexta-feira à noite, para acadêmicos do curso de Direito da Faculdade São Lucas, como parte das atividades da Instituição comemorativas ao Dia do Advogado e ao Dia do Estudante.
 
Segundo Orestes Muniz, a classe estudantil sempre se manifestou em momentos políticos decisivos do País e agora não deve ficar alheio ao processo. "O estudante deve adotar uma postura de vanguarda para acabar com a corrupção. Não é admissível que fiquemos alheios a esse processo de desmoralização que afeta Rondônia e o Brasil", disse o presidente da OAB/RO. Ele observou que 90% dos candidatos que buscam votos nas próximas eleições tentam a reeleição ou foram reprovados em pleitos anteriores. "Apenas 10% dos candidatos representam alternativas para a renovação política. O momento exige reflexão profunda, mesmo porque se elegemos determinado candidato não podemos acusá-lo posteriormente. Precisamos pensar e praticar princípios morais e éticos, refletindo sobre o que queremos para o futuro de Rondônia e do País. Precisamos, principalmente, refletir que somos responsáveis pela formação da base para as próximas gerações, e essa base deve ser formada com a prática da ética e da moralidade", alertou Orestes Muniz.

Em Rondônia, conforme avaliação do presidente da OAB/RO, foi estabelecida uma situação de extrema gravidade que, conforme disse, gera um clima de incertezas quanto ao futuro do Estado. "O cidadão rondoniense precisa buscar informações para estar preparado para atuar no processo de moralização, especialmente porque essa situação resulta em desânimo. Mas, é preciso agir e praticar o comportamento ético e moral para que tenhamos condições de reverter esse quadro. Precisamos respeitar o semelhante e refletir sobre o nosso papel na sociedade", complementou Orestes Muniz. A palestra do presidente da OAB/RO foi realizada no auditório da Faculdade São Lucas.

A coordenadora do curso de Direito da São Lucas, Angelina Licório, destacou a importância da palestra de Orestes Muniz para os acadêmicos.

FONTE: Chagas Pereira Registro (Profissional 165 DRT/RO)

 

Mais Sobre Política

ACRE: Eleições da Fieac é marcada por batalhas jurídicas entre candidatos na Justiça do Trabalho

ACRE: Eleições da Fieac é marcada por batalhas jurídicas entre candidatos na Justiça do Trabalho

O processo eleitoral na Federação das Indústrias do Estado do Acre (Fieac), cujo pleito ocorreu nesta segunda-feira (14), foi e está sendo marcado pel

Servidor e Deputado Federal Criticam o Fim do Ministério do Trabalho

Servidor e Deputado Federal Criticam o Fim do Ministério do Trabalho

O Fim do Ministério do Trabalho é Retrocesso, afirma o servidor público Brunno Oliveira.Criado pelo então Presidente Getúlio Vargas em 1930 chega a

Ouvidoria/TCE-RO recebe visita técnica do ouvidor-geral do Estado

Ouvidoria/TCE-RO recebe visita técnica do ouvidor-geral do Estado

Explanação sobre ações desenvolvidas pela Ouvidoria do Tribunal de Contas (TCE-RO) e a possibilidade da oferta de capacitação e orientação ao corpo fu

Deputada Marinha Raupp anuncia implantação do campus avançado do IFRO no Vale do Guaporé

Deputada Marinha Raupp anuncia implantação do campus avançado do IFRO no Vale do Guaporé

Decreto publicado pelo Ministério da Educação autoriza o funcionamento do Campus em São Miguel do Guaporé Cumprindo compromisso firmado com a deputada