Sábado, 20 de abril de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Política

Presidente da OAB alerta sobre comportamento ético


"A sociedade deve ser construída com base em princípios éticos e morais, até porque atualmente sofremos as conseqüências de nossa omissão no processo político, de Rondônia e do Brasil, principalmente porque não exercemos nossa cidadania". A observação foi feita pelo presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional de Rondônia, Orestes Muniz, durante palestra, sexta-feira à noite, para acadêmicos do curso de Direito da Faculdade São Lucas, como parte das atividades da Instituição comemorativas ao Dia do Advogado e ao Dia do Estudante.
 
Segundo Orestes Muniz, a classe estudantil sempre se manifestou em momentos políticos decisivos do País e agora não deve ficar alheio ao processo. "O estudante deve adotar uma postura de vanguarda para acabar com a corrupção. Não é admissível que fiquemos alheios a esse processo de desmoralização que afeta Rondônia e o Brasil", disse o presidente da OAB/RO. Ele observou que 90% dos candidatos que buscam votos nas próximas eleições tentam a reeleição ou foram reprovados em pleitos anteriores. "Apenas 10% dos candidatos representam alternativas para a renovação política. O momento exige reflexão profunda, mesmo porque se elegemos determinado candidato não podemos acusá-lo posteriormente. Precisamos pensar e praticar princípios morais e éticos, refletindo sobre o que queremos para o futuro de Rondônia e do País. Precisamos, principalmente, refletir que somos responsáveis pela formação da base para as próximas gerações, e essa base deve ser formada com a prática da ética e da moralidade", alertou Orestes Muniz.

Em Rondônia, conforme avaliação do presidente da OAB/RO, foi estabelecida uma situação de extrema gravidade que, conforme disse, gera um clima de incertezas quanto ao futuro do Estado. "O cidadão rondoniense precisa buscar informações para estar preparado para atuar no processo de moralização, especialmente porque essa situação resulta em desânimo. Mas, é preciso agir e praticar o comportamento ético e moral para que tenhamos condições de reverter esse quadro. Precisamos respeitar o semelhante e refletir sobre o nosso papel na sociedade", complementou Orestes Muniz. A palestra do presidente da OAB/RO foi realizada no auditório da Faculdade São Lucas.

A coordenadora do curso de Direito da São Lucas, Angelina Licório, destacou a importância da palestra de Orestes Muniz para os acadêmicos.

FONTE: Chagas Pereira Registro (Profissional 165 DRT/RO)

 

Gente de OpiniãoSábado, 20 de abril de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

Eleições 2024: Rayane do Agro - A Força do Campo para Porto Velho

Eleições 2024: Rayane do Agro - A Força do Campo para Porto Velho

Rayane Almeida dos Santos, também conhecida como Rayane do Agro, é uma pré-candidata a vereadora determinada a representar os valores familiares, a

Deputado Ribeiro do Sinpol afirma que Rondônia pode se tornar projeto piloto na Lei Orgânica Nacional da Polícia Civil

Deputado Ribeiro do Sinpol afirma que Rondônia pode se tornar projeto piloto na Lei Orgânica Nacional da Polícia Civil

Em audiência pública realizada na quinta-feira (19), na Assembleia Legislativa de Rondônia, o deputado Ribeiro do Sinpol (PRD), proponente da reuniã

Deputada Ieda Chaves destina emenda para programação alusiva ao Dia dos Povos Originários

Deputada Ieda Chaves destina emenda para programação alusiva ao Dia dos Povos Originários

Com a ideia de contribuir com momentos de lazer e diversão aos moradores de aldeias que residem nas terras na região de Nova Mamoré, a deputada esta

Assembleia Legislativa realiza Audiência Pública sobre a Lei Orgânica Nacional da Polícia Civil

Assembleia Legislativa realiza Audiência Pública sobre a Lei Orgânica Nacional da Polícia Civil

A Assembleia Legislativa de Rondônia (Alero) realiza na quinta-feira (18), a partir das 15h, Audiência Pública para tratar sobre a Lei Orgânica Naci

Gente de Opinião Sábado, 20 de abril de 2024 | Porto Velho (RO)