Porto Velho (RO) sexta-feira, 18 de outubro de 2019
×
Gente de Opinião

Política

Presidente da Ascron denuncia falta de apoio ao arraial da Câmara Municipal


   
O presidente da Associação Recreativa da Câmara Municipal de Porto Velho e Associação dos Cornos de Rondônia-Ascron, Pedro Soares, denunciou neste sábado (24/05) falta de apoio governamental para a realização do 16º, entre os dias 30/05 e 08/06: "Faltando apenas seis dias para início do arraial, ainda não conseguimos apoio para pagamento de publicidade, sonorização, montagem de palco, caminhão para transporte dos brincantes das quadrilhas e bois-bumbás. Também não conseguimos falar com o prefeito Roberto Sobrinho. Ele, em tese, senão na prática, pode apoiar o arraial da Câmara Municipal, onde os vereadores, em número majoritário, formam uma base de sustentação do seu governo. Apóiam e votam seus projetos e orçamento", disse.

PREMIAÇÃO
Pedro Soares disse que durante quinze anos pretéritos, o arraial da Câmara não teve apoio governamental: "desde 1993, este arraial vem sendo realizado apenas por força de vontade da Associação e dos presidentes das quadrilhas e bois-bumbás. Este ano, queremos apoio financeiro da prefeitura para distribuir R$ 6.000,00 (Seis mil reais) em prêmios ou incentivos aos brincantes. A premiação é uma forma de valorizar a cultura e o folclore do município Porto Velho", disse.

CONSTRUÇÃO DO "CURRAL"
Pedro Soares disse que apesar de algumas dificuldades, houve progressos nos preparativos para realização do arraial: "Já iniciamos a construção de um "curral" no estacionamento. É o local onde estarão concentrados os bois-bumbás e quadrilhas antes das apresentações ao público. A Secretaria Municipal de Serviços Básicos-Semusb já montou arquibancada. A Empresa Municipal de Desenvolvimento Urbano-Endur prometeu fazer a iluminação e eu acredito que dentro do cronograma estabelecido estaremos com tudo pronto para nosso 16º arraial", disse.

APRESENTAÇÃO DE QUADRILHAS
Pedro Soares, que acumula a presidência da Ascron, confirmou shows com bandas e cantores, apresentação das quadrilhas Unidos do Areal, São João Batista, Vila do Guaporé e os bois-bumbás Corre Campo e Estrelinha. De boi, quadrilhas (juninas, é claro) e bois-bumbás  nós entendemos", concluiu.

Fonte: Abelardo Jorge

Mais Sobre Política

Ministério Público realiza reunião sobre os bairros Conceição e Flamboyant após intervenção de Cristiane Lopes

Ministério Público realiza reunião sobre os bairros Conceição e Flamboyant após intervenção de Cristiane Lopes

Após a vereadora Cristiane Lopes (PP) ir até o Ministério Público Estadual (MP/RO), para relatar os problemas das obras de pavimentação dos bairros Fl

Mariana Carvalho apresenta declaração sobre cobertura universal de saúde em assembleia da União Interparlamentar

Mariana Carvalho apresenta declaração sobre cobertura universal de saúde em assembleia da União Interparlamentar

Mais de 1700 parlamentares e parceiros da ONU e da sociedade civil de todo o mundo estão reunidos em Belgrado, na Sérvia, onde acontece a 141ª Assembl

Erro na tabela de vencimentos dos professores volta a ser discutido na Comissão de Educação

Erro na tabela de vencimentos dos professores volta a ser discutido na Comissão de Educação

A Comissão de Educação e Cultura (CEC), da Assembleia Legislativa, se reuniu na manhã desta quarta-feira (16), para deliberar projetos e voltou a di

Liderança na produção do cacau depende da vontade política, aponta debate

Liderança na produção do cacau depende da vontade política, aponta debate

A volta do protagonismo brasileiro na produção de cacau depende de mais investimentos em pesquisa e de ações como o fortalecimento da Comissão Executi