Porto Velho (RO) sábado, 6 de março de 2021
×
Gente de Opinião

Política

Prefeitura lança campanha pelo fim da violência contra mulheres


Através da Coordenadoria de Políticas Públicas para Mulheres, a Prefeitura do município de Porto Velho lançou a campanha "16 Dias de Ativismo Pelo Fim da Violência Contra Mulheres. O evento aconteceu na tarde desta segunda-feira (20), no auditório do Tribunal de Justiça, e contou com a presença de várias autoridades e representantes de movimentos populares. 

De acordo com a coordenadora de Políticas Públicas para mulheres, Mara Regina Araújo, o objetivo da campanha é orientar e conscientizar não somente o público feminino, mas também os homens e toda a sociedade. "Queremos o fim da violência e a punição dos culpados, mas sobretudo, esperamos que a Lei Maria da Penha sirva como instrumento de prevenção. Esse é o nosso grande desafio", disse.

Além de abordar as atribuições da coordenadoria no combate à violência e na assistência às mulheres como um todo, o prefeito Roberto Sobrinho disse que nos próximos dias vai sancionar uma lei de autoria do vereador José Wildes (PT) que amplia de quatro para seis meses a licença maternidade para as servidoras municipais, e de sete para quinze dias a licença paternidade para os funcionários da prefeitura.

Roberto também informou que no início do próximo ano a prefeitura vai colocar em prática um programa educativo envolvendo todas as secretarias com o objetivo de combater a gravidez na adolescência. "Gravidez tem que ser por opção e não por falta de orientação. Não se trata de controle de natalidade, mas de um serviço de educação e orientação aos nossos jovens", destacou o prefeito.

O prefeito ainda informou que busca recursos junto ao Governo Federal com o objetivo de construir uma casa-abrigo para as mulheres vítimas de violência doméstica e familiar.

Para Lucilene Peixoto, violência contra a mulher "não se trata apenas dos casos de agressões físicas, mas também os de natureza moral, psicológica e pela falta de acesso aos seus direitos". 

Prestigiaram o evento as delegadas Walkiria Boaventura e Edna Camargo, da Especializada em Defesa da Mulher e Família; os juízes Valdecir Castellar Citon e Daniel Ribeiro Lagos, da 2ª e 3ª Varas Criminais da capital respectivamente; a diretora da CUT, Gilvana Noleto; a presidente do Conselho de Defesa dos Direitos da Mulher, Francisca Serrão; a defensora pública Lúcia Preto; a promotora de justiça Priscila Schmidt; a capitão PM Maria Aparecida Laurindo (5 BPM), além de representantes do Fórum Popular de Mulheres, Casa Amparo, Igreja Rasinha da Paz e Secretaria Municipal de Educação (Semed), dentre outras.

A campanha pelo fim da violência contra mulheres teve início no último dia 11 de novembro e prossegue até o próximo dia 10 de dezembro, com uma extensa agenda de atividades, entre debates, audiências públicas, palestras e oficinas.

Fonte: Ascom

Mais Sobre Política

Mariana Carvalho destaca aprovação de programa emergencial para o setor de eventos

Mariana Carvalho destaca aprovação de programa emergencial para o setor de eventos

A Câmara aprovou nesta quarta-feira (3) o Programa Emergencial de Retomada do Setor de Eventos (PERSE) com medidas para compensar a perda de receita e

Deputado Adelino Follador insiste na redução do ICMS sobre combustíveis e alimentos

Deputado Adelino Follador insiste na redução do ICMS sobre combustíveis e alimentos

O deputado Estadual Adelino Follador (DEM) utilizou a tribuna da Assembleia Legislativa na sessão desta terça-feira, 02, para voltar a defender a redu

Deputado Ezequiel Neiva indica ao Governo a necessidade de construção de acostamento e ciclovia na Estrada da Penal

Deputado Ezequiel Neiva indica ao Governo a necessidade de construção de acostamento e ciclovia na Estrada da Penal

A construção de vias adicionais como acostamento e/ou ciclovia, bidirecional na RO-005, mais conhecida como Estrada da Penal, em Porto Velho, foi so

Lazinho da Fetagro propõe isenção de imposto para redução no preço do gás de cozinha

Lazinho da Fetagro propõe isenção de imposto para redução no preço do gás de cozinha

O deputado estadual Lazinho da Fetagro (PT) indicou ao Governo do Estado e à Secretaria de Estado de Finanças (SEFIN) a necessidade de ser reduzido a