Porto Velho (RO) sexta-feira, 18 de junho de 2021
×
Gente de Opinião

Política

Prefeitura entrega obra piloto na Capital


O projeto piloto da Prefeitura de Porto Velho utilizando bloquetes na pavimentação de ruas, está na fase de acabamento da Travessa São Cristóvão, no bairro Nossa Senhora das Graças. O projeto, que inicialmente era de pavimentar, drenar, bloquetar e construir vala e meio-fio, foi estendida até à construção de calçadas.

O prefeito Roberto Sobrinho determinou que a prefeitura realizasse a obra completa para que a população tivesse uma idéia exata das melhorias. A construção das calçadas teve a participação dos moradores com o fornecimento do cimento, enquanto a prefeitura arcou com os demais materiais e a mão-de-obra. "O Resultado final está ficando tão bom que moradores de outras ruas visitaram a nova Travessa e nos procuraram na Emdur (Empresa Municipal de Desenvolvimento Urbano), para solicitar o projeto e estudar com a comunidade a realização do mesmo modelo, de pavimentação com bloquetes, em suas ruas", destacou Mário Sérgio, presidente da empresa.

Os bloquetes são construídos pela Prefeitura na própria Emdur e, de acordo com dados técnicos da empresa, o custo final para os moradores pode ser até de 40% menor comparado ao valor de mercado. Há ainda em andamento a execução de um convênio que pretende usar a mão-de-obra de apenados na construção dos bloquetes. Desta maneira, os custos poderão diminuir ainda mais e favorecer a população, além de contribuir para a reintegração social dos detentos.

Mais Sobre Política

Presidente Alex Redano participa de encontro do setor de eventos com o chefe da Casa Civil do Governo

Presidente Alex Redano participa de encontro do setor de eventos com o chefe da Casa Civil do Governo

Um dos setores mais afetados com a pandemia do coronavírus é o setor de eventos e entretenimento. Há mais de um ano parado, o segmento enfrenta inúm

Cacoal: durante assembleia dos servidores da Câmara de Vereadores, presidente concede recomposição salarial de 8.36%

Cacoal: durante assembleia dos servidores da Câmara de Vereadores, presidente concede recomposição salarial de 8.36%

O presidente da Câmara, João Paulo Pichek (Republicanos), disse que desde abril estava dialogando com o Sindicato dos servidores públicos de Cacoal