Sexta-feira, 19 de abril de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Política

Prefeitura apresenta Projeto Emergencial para atender vítimas das enchentes


A prefeitura de Porto Velho apresentou o Projeto  Proteger que será desenvolvido por todas as secretarias municipais, num mutirão de assistência social aos desabrigados pelas enchentes nesta época de chuvas fortes.

O projeto foi apresentado oficialmente nesta terça feira, 09, em reunião com os representantes das secretarias de Assistência Social, Saúde, Serviços Públicos, Agricultura, Trânsito, Regularização Fundiária, Meio Ambiente, Emdur, Defesa Civil e Corpo de Bombeiros. Eles fazem agora, parte de um comitê montado para trabalhar especificamente no atendimento aos desabrigados.

Durante os próximos quatro meses, o comitê de assistência vai atender a todas as famílias que tiverem necessidade de abrigos ou qualquer tipo de assistência, independente da condição social, conforme determina a Lei Orgânica do Município referente à Assistência Social.

A prefeitura está oferecendo dois tipos de abrigos: Os ginásios que alojam as famílias temporariamente e o auxilio moradia, em que a prefeitura paga o aluguel de um local durante um período até que a família tenha condições de retornar para sua casa.

O comitê também já está consultando a Procuradoria Geral do Município sobre a possibilidade de se criar um fundo para atender as necessidades das famílias desabrigadas neste período de inverno amazônico e que ocorre todos os anos.

As equipes que vão participar do Projeto Proteger vão ser treinadas através de palestras e oficinas para lidar com as diversas situações que aparecem num momento de crise.

O projeto também já definiu as áreas de maior risco nesta temporada de chuva, inclusive na região ribeirinha.  Segundo a secretária de Assistência Social, Benedita do Nascimento, a prioridade é atender as famílias em tudo o que for possível, do abrigo à alimentação. "A prefeitura de Porto Velho não tem medido esforços para atender a demanda das enchentes, os desmoronamentos  e as situações de risco social destas famílias atingidas pelas enchentes. O projeto Proteger também quer orientar as comunidades atingidas através de contato direto com as famílias, sobre o que fazer nestas situações para evitar maiores transtornos. Para isso  contamos com o apoio de todas as nossas secretarias e dos nossos parceiros como, as igrejas e centros comunitários",  finalizou Benedita.
 
 
 
 


ASCOM

Gente de OpiniãoSexta-feira, 19 de abril de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

Assembleia Legislativa realiza Audiência Pública sobre a Lei Orgânica Nacional da Polícia Civil

Assembleia Legislativa realiza Audiência Pública sobre a Lei Orgânica Nacional da Polícia Civil

A Assembleia Legislativa de Rondônia (Alero) realiza na quinta-feira (18), a partir das 15h, Audiência Pública para tratar sobre a Lei Orgânica Naci

Na Comissão de Aviação e Transportes, Cristiane Lopes conquista audiência pública para o debate dos desafios nos voos da Região Norte

Na Comissão de Aviação e Transportes, Cristiane Lopes conquista audiência pública para o debate dos desafios nos voos da Região Norte

Nesta quarta-feira (17), a deputada federal Cristiane Lopes (União Brasil) deu um passo importante na Comissão de Viação e Transporte da Câmara Fede

Máquinas da SEMOB atuam nos bairros Três Marias, Universitário e Fortaleza após visita do prefeito e vereadores

Máquinas da SEMOB atuam nos bairros Três Marias, Universitário e Fortaleza após visita do prefeito e vereadores

Na manhã da última terça-feira, o prefeito Hildon Chaves (PSDB), juntamente com o secretário de obras Diego Lage e vereadores, dentre eles o vereado

Gente de Opinião Sexta-feira, 19 de abril de 2024 | Porto Velho (RO)