Porto Velho (RO) quarta-feira, 16 de janeiro de 2019
×
Gente de Opinião

Política

Prefeito se reúne com CJP e explica aumento de passagem


O prefeito de Porto Velho Roberto Sobrinho esteve reunido  com representantes da Comissão Justiça e Paz da Arquidiocese da capital e moradores da zona Leste, para tratar sobre as demandas daquela comunidade e do reajuste na passagem de ônibus, principal item da pauta de discussão.

Os moradores reivindicaram benefícios como drenagem, asfaltamento, mais abrigos nos pontos de ônibus e redução no preço da tarifa dos coletivos de R$ 2,00 para R$ 1,50, com base, segundo eles, em um levantamento das condições econômicas e sociais nos bairros periféricos.

Roberto explicou que demorou 19 meses para reajustar o preço da passagem de ônibus, e que em sua decisão procurou um ponto de equilíbrio, visando atender tanto a população quanto aos empresários. "Os proprietários das empresas de transportes coletivos queriam que a tarifa fosse elevada para R$ 2,15, mas conseguimos definir   o valor em R$ 2,00", disse. O prefeito explicou que o reajuste considerou a planilha de cálculos apresentada pelos empresários enfatizando que não aceitou o reajuste solicitado pelos empresários e sugeriu que os membros da comissão de negociação apresentem estudos e dados técnico que indiquem a viabilidade na redução da tarifa para R$ 1,50. "Com esses dados em mãos, poderemos até fazer uma nova avaliação, mas devo adiantar que não podemos tomar nenhuma decisão precipitada", enfatizou.

Roberto Sobrinho disse que não se pode desprezar as contrapartidas e investimentos que vêm sendo feito para melhorar o sistema de transporte coletivo como a construção de 101 novos abrigos, sendo 71 através de convênio da prefeitura com o Ministério das Cidades, e 30 como contrapartida do Sindicato das Empresas de Transportes (SET), além da aquisição de 24 novos ônibus pelas empresas de transportes, sendo 06 adaptados para portador de necessidade especial. Dentre as melhorias apresentadas para o setor de transportes, o prefeito informou que será construído um terminal na rua Euclides da Cunha que será utilizado como parada final dos ônibus.

Outro ponto apresentado pelo prefeito foi quanto a criação do Conselho Municipal de Transportes, uma iniciativa da prefeitura para garantir a participação da sociedade civil organizada na discussão desta temática. O conselho será instituído ainda este mês, e contará com a participação partidária do município, empresários e sociedade.
Com relação ao sistema de integração através do cartão Leva Eu, Roberto explicou que em 2006 foram realizadas cerca de 1 milhão e 116 mil integrações, mas está disposto a fazer um estudo técnico para detectar possíveis falhas e tomar as providências necessárias, como por exemplo, ampliar o tempo necessário, que atualmente é de uma hora, para que o usuário usufrua do benefício da integração, o que tem gerado no mínimo, economia de 50% para quem utiliza o cartão Leva Eu.

O prefeito ainda falou da construção e reformas de policlínicas e praças, asfaltamento de ruas e obras de drenagem em vários pontos da cidade, inclusive na zona Leste, dentre outras obras que já foram concluídas ou estão em andamento.

 

Mais Sobre Política

Governo de Rondônia divulga calendário com feriados e ponto facultativo de 2019; Confira as datas em que não haverá expediente

Governo de Rondônia divulga calendário com feriados e ponto facultativo de 2019; Confira as datas em que não haverá expediente

O governador Coronel Marcos Rocha, por meio do decreto nº 23.522 de 14 de  janeiro de 2019, estabelece o calendário de datas em que não haverá expedie

ACRE: Eleições da Fieac é marcada por batalhas jurídicas entre candidatos na Justiça do Trabalho

ACRE: Eleições da Fieac é marcada por batalhas jurídicas entre candidatos na Justiça do Trabalho

O processo eleitoral na Federação das Indústrias do Estado do Acre (Fieac), cujo pleito ocorreu nesta segunda-feira (14), foi e está sendo marcado pel

Servidor e Deputado Federal Criticam o Fim do Ministério do Trabalho

Servidor e Deputado Federal Criticam o Fim do Ministério do Trabalho

O Fim do Ministério do Trabalho é Retrocesso, afirma o servidor público Brunno Oliveira.Criado pelo então Presidente Getúlio Vargas em 1930 chega a

Ouvidoria/TCE-RO recebe visita técnica do ouvidor-geral do Estado

Ouvidoria/TCE-RO recebe visita técnica do ouvidor-geral do Estado

Explanação sobre ações desenvolvidas pela Ouvidoria do Tribunal de Contas (TCE-RO) e a possibilidade da oferta de capacitação e orientação ao corpo fu